Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Sete novos hotéis para quem vai de passeio ao Porto

Escapar

À boleia do turismo, têm aberto vários hotéis no Porto, muitos em edifícios históricos renovados. Aqui lhe deixamos sete propostas na Ribeira, na Baixa, no centro da cidade ou no lado de lá do rio

O Armazém Luxury House é um dos novos alojamentos do Porto e nasceu da reabilitação de um armazém de ferro

O Armazém Luxury House é um dos novos alojamentos do Porto e nasceu da reabilitação de um armazém de ferro

Muitos são os edifícios centenários do “velho” Porto, alguns ao abandono, que se têm transformado em unidades hoteleiras. Na rua de Belomonte, onde, em tempos, a burguesia se movimentava entre tipografias, ferreiros e escovarias – lá permanece, como testemunha, a Escovaria de Belomonte que ainda faz escovas à mão – abriu recentemente a Belomonte Guest House, num edifício de quatro andares do século XIX, colado ao Morro da Vitória. Neste alojamento com seis quartos, uma engenheira alimentar e um engenheiro mecânico recebem-nos como se estivessemos em casa.

Ali bem próximo, no Largo de São Domingos, que nos serve de entrada para a turística rua das Flores, um velho armazém de ferro foi reconvertido no Armazém Luxury Housing, com nove quartos de decoração moderna a contrastarem com referências da era industrial. Quase em frente, quem goste de luxo art déco, tetos em estuque e madeira e quartos de grandes dimensões, bata à porta da M Maison Particulière. Aqui, é-se recebido com toda a pompa e circunstância, numa guest house nascida num edifício do século XVI renovado, com arte vinda de Paris a Antuérpia.

Se dali descermos para a Ribeira, encontramos o The House Ribeira Hotel, onde, durante uma década, a escola Balleteatro ensinou dança contemporânea. O edifício deu lugar a um “hotel-casa” com 56 quartos informais, duas penthouses com vista sobre o Douro e um grab & go do Go Natural. A alguns passos daqui, o grupo espanhol Carris Hoteles inaugurou o seu primeiro e, dizem, maior hostel do País: o Bluesock abriu num edifício dos anos 30, com seis andares, deixando à vista (e bem) o exterior revestido a azulejos azuis e brancos e a pedra no interior.

Alternativa aos hoteis e guest houses são os apartamentos, a pensar em quem prefere passar uns dias em família, com autonomia na cozinha e uma maior privacidade. Na Batalha, próximo da Sé e da muralha fernandina, o Palácio dos Condes de Azevedo, dos séculos XVII e XVIII, foi renovado e é agora Design Palácio Flats: 19 apartamentos turísticos – de estúdios a T2 – que combinam a decoração minimalista com a traça original do edifício.

Do outro lado do rio, quase colados à ponte Luís I, estão agora os seis apartamentos do Oh!Porto, com os nomes das seis pontes do Douro, e fazem pasmar quem entra por uma estreita calçada na Serra do Pilar, em Vila Nova de Gaia. A vista é privilegiada e o Porto está mesmo ali.