Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Turim Terreiro do Paço, um hotel no centro de tudo

Escapar

Em Lisboa, num prédio com cinco andares da Baixa pombalina, onde em tempos funcionaram os escritórios das bolachas Triunfo, fica aquele que, agora, foi considerado “o melhor hotel de Lisboa aberto em 2016”

O Turim Terreiro do Paço dispõe de 50 quartos singles e duplos, decorados em tons de bege e azul, com vista para o casario antigo, castelo e Sé

O Turim Terreiro do Paço dispõe de 50 quartos singles e duplos, decorados em tons de bege e azul, com vista para o casario antigo, castelo e Sé

Mário João

A Sé, o Tejo e o Castelo de São Jorge são alguns dos monumentos que aparecem no filme sobre Portugal a passar na grande televisão do lobby do Turim Terreiro do Paço Hotel. E que, ali bem perto, podem ser visitados, num passeio a pé pela cidade. “Estamos a cinco minutos de todas as atrações de Lisboa”, diz Paulo Ferreira, diretor operacional do hotel, inaugurado há cerca de um ano. Trata-se de uma unidade com quatro estrelas, pertencente a uma cadeia de 13 hotéis (nove em Lisboa, um em Azeitão e três no Algarve), e que acaba de receber o prémio de Melhor Hotel de Lisboa aberto em 2016, galardão atribuído pela Expedia, uma das maiores plataformas de reservas a nível mundial.

No Turim, assim que chegam, os hóspedes são recebidos com um cálice de ginjinha. Mas há outros mimos que se descobrem ao longo da estada, como a oferta dos cafés, chás e chocolates nos quartos executivos. Para transformar o edifício com cinco andares – onde outrora funcionaram os escritórios das bolachas Triunfo –, foram necessárias obras profundas. “O prédio estava totalmente devoluto, mantivemos apenas a traça do interior, as centenárias portas em madeira e a parede em pedra da entrada”, explica ainda o diretor. Por ora, o hotel dispõe de 50 quartos singles e duplos, decorados em tons de bege e azul, com vista para o casario antigo, castelo e Sé.

Para almoçar ou jantar, convém reservar mesa no bar e restaurante Triunfo, que fica no rés do chão, perto da receção. A refeição pode começar com uma sugestão de queijo chèvre derretido, mel e rúcula (€4) ou de salmão fumado, maionese de alho e salsa, cebola picada e limão (€5), prosseguindo com o bacalhau à Turim (€16), feito com uma boa posta de bacalhau frita e acompanhado por batatas fritas às rodelas. Na ementa típica portuguesa, há ainda um bife do lombo à Turim (€15), com presunto, molho especial e batatas fritas. Para sobremesa, destacam-se o abacaxi royal com coco (€4,50) e o pastel de nata com gelado de baunilha (€4,50).

Neste momento o grupo Turim possui nove hotéis em Lisboa. Prevê-se que o décimo, o Turim Marquês de Pombal, no número 26 da Rua Mouzinho da Silveira, inaugure ainda antes do fim do ano. O seguinte abrirá em 2017, no 159 da Avenida da Liberdade, e irá chamar- -se Turim Boulevard Hotel.

Turim Terreiro do Paço > R. do Comércio, Lisboa > T. 21 049 2590/91 871 9961 > a partir de €120