Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Egoísta, com muito gosto!

Visão Se7e

  • 333

Dificilmente encontrará na praia alguém com um biquíni igual

Junho de 2011, praia de S. Torpes. Ana e um grupo de amigas festejavam a sua despedida de solteira. Festa na praia, de biquíni, que melhor programa haveria com aquele tempo? Até que, lá ao fundo...

Horror! Um biquíni igual ao da noiva?! Foi a gota de água. Ana e Margarida, cada uma com vida organizada, decidiram arranjar um "segundo emprego" e ver o que havia no mercado, em termos de moda de praia. Os biquínis brasileiros pecavam por ter pouco pano para o corpo português. Os padrões também não eram do mais original. Então viraram-se para dentro.

Quiseram investir em Portugal e no que é português: nas licras que até parecem algodão, na sabedoria dos artesãos, nos padrões das nossas avós aos quais se junta um toque de modernidade. Descobriram uma estamparia e uma fábrica pelas bandas de Vila Nova de Famalicão, desenharam cortes e um logótipo vianense.

Em poucos meses nascia a b.kini. Hoje, Ana e Margarida têm oito modelos de biquínis, 3 fatos de banho para mães e ainda propostas para crianças. E, acabado o tecido. acabou e não volta a fazer-se igual.

O showroom da marca é na R. da Misericórdia (47, 3.º Dto.), em Lisboa, mas as vendas fazem-se sobretudo online (www.facebook.com/b.kini). Como se não bastasse, ainda aceitam encomendas... sem custos acrescidos!