Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

A cerâmica de Cécile Mestelan já tem loja em Lisboa

Comprar

A ceramista francesa inaugurou uma loja na Calçada da Estrela, em Lisboa, com um mostruário do seu trabalho nos últimos anos: peças em grés ou porcelana, com muita cor e areia de praia

“É tudo feito em porcelana, por isso os pigmentos ficam mais evidentes”, diz Cécile Mestelan sobre as suas peças

“É tudo feito em porcelana, por isso os pigmentos ficam mais evidentes”, diz Cécile Mestelan sobre as suas peças

José Carlos Carvalho

Quando Cécile Mestelan, 31 anos, visitou a antiga ourivesaria e relojoaria no número três da Calçada da Estrela, a poucos metros do cruzamento com a Rua de São Bento, nunca pensou que a sua proposta para arrendar a loja fosse aceite. “Tinham imensos pedidos, a zona está a crescer muito”, conta a ceramista nascida em Baiona, França. Assim que o telefone tocou, poucos dias depois, com as boas novas, meteu (literalmente) mãos à obra. “No Instagram e no atelier [ali perto, na Estrela], havia muita gente a perguntar onde podia ver e comprar as minhas peças. Só não achei que fosse acontecer tão depressa.” Em junho passado, fechou o negócio; em julho, tratou de pintar as paredes de azul-escuro, recuperar as madeiras – “tive algumas dicas de um marceneiro aqui do bairro” – e, em meados do mês, juntou todas as peças que tinha no atelier Olho Cerâmica (funciona como um cowork, onde além de aulas, tem outros ceramistas) e abriu a loja. “Por enquanto, abro só à tarde, para poder trabalhar de manhã.”

José Carlos Carvalho

Nos antigos armários e vitrinas, onde antes moraram relógios, brincos, fios e anéis, habitam agora as originais peças da ceramista, umas mais utilitárias, outras decorativas. Em destaque, assim que se entra, está a última coleção, Le Rayon Vert, inspirada no filme homónimo do realizador Éric Rohmer. Tem um set que lembra uma limonada, em tons de verde e amarelo, outro o pôr do Sol, em azul e cor de laranja. “É tudo feito em porcelana, por isso os pigmentos ficam mais evidentes. É mais difícil de trabalhar e, como tal, mais caro”, diz. Nesta coleção, os preços começam nos €20 (uma tigela), mas na loja encontram-se pratos pequenos a partir de €6, chávenas de café a €14, jarras e castiçais entre €30 e €60, e outros artigos mais trabalhados que podem chegar aos 320 euros. Estão lá também as primeiras peças que fez numa residência na Vista Alegre, quando tudo começou. Trabalha em grés ou em porcelana, e com uma particularidade: algumas peças levam areia da praia. “Tem de ser escura. Tenho uns amigos que vão trazer-me areia da Ilha do Pico, mas em alguns meses do inverno encontro-a na Praia Grande, em Sintra.” No antigo escritório da loja, está instalada uma salinha de tarot. “Queria um negócio diferente, ligado a leituras astrais, e tive sorte de encontrar.”

A ceramista transformou uma antiga ourivesaria na sua loja

A ceramista transformou uma antiga ourivesaria na sua loja

José Carlos Carvalho

Cécile Mestelan > Cç. da Estrela, 3, Lisboa > ter-sex 13h-19h, sáb 11h-19h