Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Uma mão cheia de artistas no Centro Comercial Bombarda, no Porto

Comprar

No Centro Comercial Bombarda, no Porto, há cinco novas lojas que são também ateliês: espreite-se a joalharia da Autoria e da Collectiva, os azulejos da Azul Cobalto, o mobiliário vintage da Artes em Partes e, por fim, a arte da Inner

Na Azul Cobalto, o azulejo é a base de quase todas as peças, sejam elas cadernos, t-shirts ou sabonetes

Na Azul Cobalto, o azulejo é a base de quase todas as peças, sejam elas cadernos, t-shirts ou sabonetes

Lucília Monteiro

Uma década depois da abertura, comemorada em agosto passado, o Centro Comercial Bombarda (CCB) tem cinco novas lojas, todas com uma vertente de ateliê: Artes em Partes, com mobiliário e peças vintage, Autoria e Collectiva, ambas de joalharia contemporânea, Azul Cobalto, com merchandising em torno do azulejo, e Inner, uma galeria de artistas que recria o ambiente de uma casa. Marina Costa, mentora da Artes em Partes – e gerente do CCB – diz gostar “de ver os designers trabalhar”. E, nota, esta nova loja “é uma forma de rentabilizar o tempo”.

Também as joalheiras Inês Sobreira e Cristina Roque acreditam que, no ateliê Autoria, poderão explicar “a ideia e a história de cada criação”. “Os clientes valorizam a tradição, compram por gosto e paixão”, afirma Inês, que trabalha em malha de ouro e prata. As pequenas gavetas de um antigo móvel de retrosaria abrem-se agora às suas criações e às de Cristina Roque, que se inspira em rendas antigas para criar joias originais em prata (a partir de €20). A joalharia de autor está presente também na Collectiva, onde uma mesa é partilhada pelas cinco artistas residentes (Ana Bragança, Joana Santos, Lia Gonçalves, Marta Pinto Ribeiro e Susana Teixeira) e as cinco convidadas. As peças, quase sempre em prata (a partir de €30), “são usáveis, diferentes e acessíveis”, descrevem.

Já na Inner, Inês Magalhães – que organiza o Mercado Porto Belo desde 2009 – recriou “o ambiente de uma casa com as coisas boas da vida”. Tem livros, flores, ilustrações e utilitários de cozinha. Em frente, entra-se na Azul Cobalto, onde o azulejo é a base de quase todas as peças. Sejam elas cadernos, t-shirts ou sabonetes. “É uma reinterpretação do património, sem nostalgia e com um design atual”, conta Paula Carvalho.

Todas a postos para receber novos clientes. “Tem sido uma luta. Dizer que se gosta de projetos alternativos não chega, é preciso investir, comprar e frequentar as lojas”, reclama Marina Costa. Não vale deixar esquecido o CCB.

Além das lojas-ateliê, abriu também, no Centro Comercial Bombarda, a Flor de Tapioca, onde se serve comida saudável: tapioca doce ou salgada, bolos caseiros, bolachas caseiras e sumos naturais (seg-sáb 9h30-20h).

Centro Comercial Bombarda > R. Miguel Bombarda, 285, Porto > T. 93 433 7703 > seg-sáb 12h-20h