Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Pau-Brasil: Moda e acessórios vindos de um país tropical

Comprar

Dez marcas de moda brasileira dão-se a conhecer, até 12 de novembro, na casa Pau-Brasil, a concept store do Príncipe Real, em Lisboa

As bolsas da marca Catarina Mina são feitas por artesãs do Ceará

As bolsas da marca Catarina Mina são feitas por artesãs do Ceará

Uma carteira de vime com a forma de um cão de raça Schnauzer, saias com estampas coloridas pintadas à mão, vestidos em renda produzida por artesãs do Nordeste brasileiro ou acessórios feitos com materiais tão curiosos como a pele do maior peixe de água doce do mundo, o piracuru. Eis algumas das peças de moda brasileira expostas na casa Pau-Brasil. Até ao próximo dia 12 de novembro, fruto da iniciativa promovida pelo Fashion Label Brasil, a concept store do Príncipe Real, onde já se mostra o que de melhor se está a fazer no Brasil em matéria de arte, moda e cultura, apresenta as coleções de dez marcas de vestuário e acessórios com ADN brasileiro: Cabana, Catarina Mina, Cecília Prado, Denise Gerassi, Isolda, Lilly Sarty, Martha Medeiros, Serpui, UMA – Raquel Davidowicz e Veja.

Originais as malas da Serpui

Originais as malas da Serpui

Pouco conhecidas em Portugal, e a maior parte ainda sem qualquer presença em lojas físicas, estão na Pau-Brasil para se apresentarem aos clientes nacionais. “Queremos mostrar novas marcas aos consumidores portugueses, mostrar o lado mais inovador e contemporâneo do nosso país”, diz Paulo Lourenço Bartholomei, presidente da ABEST – Associação de Estilistas Brasileiros. Tudo o que está exposto nesta loja pop-up, na casa Pau-Brasil, é para comprar e ficar a conhecer de perto, com o produto na mão. Só assim se percebe o trabalho da estilista Denise Gerassi, que constrói carteiras artesanais recorrendo a desperdícios como a pele de peixe e as sementes de jarina (conhecido como marfim vegetal). “A nossa marca é sinónimo do Brasil, tem design exclusivo e materiais bem brasileiros”, explica Denise. Também a Isolda, que faz suspirar it-girls com as suas peças de estampados tropicais, e um caso de sucesso dentro e fora do Brasil, está aqui representada. “Somos uma etiqueta superfeminina, alegre e de espírito jovem”, descreve Juliana Affonso Ferreira, uma das sócias da marca. Muito há, portanto, para descobrir agora por ali... e por onde perder a cabeça.

Para acompanhar o lançamento destas marcas na casa Pau-Brasil, Joana Astolfi criou uma nova intervenção artística, inspirada nas ocas, típicas casas de habitação indígenas construídas em colmo.

Raquel Davidowicz é a estilista que desenha as peças da UMA. A marca surgiu em 1995, em São Paulo

Raquel Davidowicz é a estilista que desenha as peças da UMA. A marca surgiu em 1995, em São Paulo

Pau-Brasil > R. da Escola Politécnica, 42, Lisboa > T. 21 347 1062 > seg-sáb 12h-20h, dom 12h-18h