Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Uni: 365 picos de felicidade

Comprar

Uni é um ouriço-do-mar feito em madeira, cheio de boa onda e optimismo, para testemunhar “os bons momentos da vida”. Deixámo-nos picar

Gonçalo Rosa da Silva

É uma memória antiga, esta. Paulo Reis lembra-se de ver e apanhar ouriços-do-mar nas praias da Ericeira e de, com frequência e desde pequeno, comer esse pitéu com a família. “Nunca me esqueci do seu sabor intenso”, recorda o designer da VISÃO, que, aos 42 anos, criou o Uni, uma peça em madeira, inspirada nos ouriços-do-mar e pensada para ser levada pelos turistas como recordação de Portugal – ou por qualquer português orgulhoso, acrescente-se. “Nas viagens que fiz por cá e pelo mundo, nunca encontrei nada que gostasse de comprar e de ter na minha sala. Há cerca de dois anos, pensei criar um símbolo com o qual me identificasse e que me orgulhasse de expor em casa”, conta.

Meses depois, foi picado por um ouriço-do-mar e decidiu que estava na altura de concretizar a sua ideia. “Associei uma coisa à outra. É uma picadela que causa desconforto, mas que também é intensa”, recorda. E acrescenta: “Espero que o turista seja picado por Portugal com essa intensidade.” Para produzir o Uni (palavra que, em japonês, significa ouriço e que por cá remete para um objeto único), da forma mais natural e real possível, Paulo pesquisou e descobriu, entre muitas outras coisas, que existem mais de 950 espécies de ouriços-do-mar em todos os oceanos e a viver em diferentes profundidades. Sobre o número de picos que têm, não chegou a nenhuma conclusão, mas percebeu que são mais do que os 365 que pôs na sua peça feita à mão – um por cada dia do ano.

Não se ficando pela função de objeto decorativo, o Uni quer também passar uma mensagem. Na base, pode ler-se a zona onde foi comprado (Ericeira, Lisboa, Sagres, por exemplo) e a frase “1 ouriço – 365 picos. Deixa-te picar pelos bons momentos da vida”. Em alternativa e no site, pode escolher-se uma outra frase. O importante é mesmo não ter medo de se deixar picar, sublinha Paulo Reis.

Paulo Reis é também co--fundador do projeto Alaia Surf, que vende pranchas de surf esculpidas em madeira, ao estilo havaiano

Paulo Reis é também co--fundador do projeto Alaia Surf, que vende pranchas de surf esculpidas em madeira, ao estilo havaiano

Gonçalo Rosa da Silva

Uni > à venda aqui (€56, inclui mensagem personalizada) e nos hotéis do grupo Vila Galé de Lisboa, Cascais e Ericeira (€49)