Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Bohemian, na Costa da Caparica: Numa cabana, junto à praia

Comer e beber

No novo clube de praia da Costa da Caparica, há petiscos e cocktails para todos os apetites e horas. Ao lado do Bohemian, as espreguiçadeiras convidam a ficar por ali o resto do dia, a ver o mar

Alex Tome

É com o cheiro a maresia que se percorre o passadiço de madeira em direção ao Bohemian, o novo clube de praia aberto, há cerca de um mês, na Praia da Cabana do Pescador, na Costa da Caparica, Almada. Ali, as surpresas começam logo a ser reveladas à entrada, onde se consegue apreciar a decoração descontraída em tons neutros, com recantos para ocasiões e apetites distintos. Dependendo do pretexto da visita, para os mais apressados, sugere-se um copo de vinho (destaque para o rosé Château des Marres, de travo doce e suave); para visitas mais demoradas, peça-se um dos petiscos baseados no receituário português, não esquecendo as raízes francesas dos proprietários, David Gharbi e Marc Laufer (responsáveis também pelo restaurante Legaaal, no Bairro Alto, Lisboa).

Alex Tome

“É uma cozinha mediterrânica com muito sol e amor, preparada com produtos locais e sazonais e que usa a técnica de cozinha francesa”, explica Nicolas Brenelière, chefe-executivo do Bohemian e do Legaaal. Depois de se escolher o lugar que se quer ocupar neste clube de praia, nas antigas instalações do Delmare Café, a atenção vira-se, em exclusivo, para a ementa, com sugestões mais simples ou leves, como os quatro recheios que podem ser combinados com um de quatro tipos de massa (spaghetti, tagliatelle, penne ou linguini) e uma das dez opções de pizzas, como a Delmare (€14,50), numa homenagem ao antigo bar de praia, preparada com tomate, mozzarella di bufala, alho-francês, salmão, amêijoas e estragão.

Nas opções mais elaboradas, salienta-se o foie gras da casa com chutney de manga e pimenta verde (€19), o gaspacho e minestrone de legumes (€7) e o entrecôte maturado por 21 dias (€18). Pelo meio, há ainda peixe fresco grelhado, servido a peso, e marisco (búzios, percebes e amêijoas). Nas sobremesas, a tarte de limão do Algarve (€6), o tiramisu com frutos vermelhos (€6) ou a mousse de chocolate (€6) são três boas tentações para finalizar a refeição. Sem esquecer os crepes, que são “uma das sobremesas mais apreciadas em França”, comenta o chefe. “Não há uma hora certa para comer crepes”, diz. Por isso, se a qualquer momento lhe apetecer, basta sair do areal e sentar-se à mesa. Antes ou depois desta paragem, há que aproveitar o bom tempo e dar um mergulho. Ali a dois passos.

Alex Tome

Bohemian > Praia da Cabana do Pescador, Costa da Caparica, Almada > T. 21 152 3074 > seg-dom 10h-2h (a cozinha está aberta das 12h-22h)