Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Três vinhos de qualidade do Dão, Douro e Alentejo

Comer e beber

Todos os dias surgem novos vinhos portugueses que se mostram cada vez mais consistentes. A opinião do crítico gastronómico da VISÃO Se7e, Manuel Gonçalves da Silva, sobre três vinhos que acabam de chegar ao mercado

A Quinta de Lemos, em Passos de Silgueiros, Viseu, tornou-se destino de gastrónomos e enófilos, que não passam sem saborear os pratos deliciosos do chefe Diogo Rocha (alta cozinha com produtos e sabores regionais num dos mais bonitos restaurantes do País) e sem provar os vinhos criados com rigor e talento pelo enólogo Hugo Chaves. O portefólio acaba de ser enriquecido com os primeiros espumantes: Geraldine Branco, só de uvas da casta Encruzado, talhado para a mesa com elegância e estrutura bastantes, e Geraldine Rosé, exclusivamente de Touriga Nacional, fino e convivial por natureza. O nome é mais uma homenagem à família do produtor Celso de Lemos, desta vez à filha, Geraldine, que se junta a Dona Georgina, Dona Santana e Dona Louise.

A Lavradores de Feitoria lançou, no princípio do verão, um branco e um rosé com a marca que tem o seu nome, ambos frutados e frescos, adequados ao tempo, e vem agora apresentar dois brancos de outra gama, com mais elegância e complexidade: Três Bagos Reserva Branco 2018 e Três Bagos Sauvignon Blanc 2018. Confessando a simpatia por esta estrutura empresarial sui generis que agrega 15 lavradores com 18 quintas nas três sub-regiões do Douro, sugerimos a prova destes vinhos: o primeiro tipicamente do Douro, resultante de um lote das castas brancas tradicionais da região; o segundo ilustrativo da adaptação da casta àquele terroir.

Nas terras da Vidigueira, beneficiadas com o microclima mais temperado do Alentejo e com solos propícios à cultura da vinha, nascem as uvas das castas tradicionais Alicante Bouschet e Trincadeira com as quais foi feito o Olho de Mocho Single Vineyard Reserva 2017, acabado de chegar ao mercado. É um vinho com carácter bem alentejano, intenso e sedutor.

Geraldine Espumante Branco
Cem por cento Encruzado (casta branca rainha do Dão) de aspeto brilhante, cor amarela citrina suave, aroma floral e frutado muito expressivo, paladar muito fresco e seco com boa estrutura, acidez acentuada, equilíbrio, frescura e persistência na boca. Vocação gastronómica indeclinável. €25

Três Bagos Sauvignon Blanc Branco 2018
Elegância e frescura são características da casta, como demonstra este Sauvignon Blanc de cor limão, aroma intenso a fruta fresca com notas tropicais e vegetais típicas, paladar elegante e fresco com boa fruta, excelente equilíbrio e final sugestivo. €9,70

Olho de Mocho Single Vineyard Reserva Tinto 2017
Duas castas, Alicante Bouschet e Trincadeira, neste vinho tinto alentejano de cor rubi profunda, aroma complexo a frutos pretos maduros com notas de bosque, de especiarias e de menta, paladar cheio com taninos firmes, apreciável frescura, final insinuante e longo. €22,40