Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Receita de Massa para pizza, por Maria Blohm

Comer e beber

Receita do livro Pão Caseiro, de Maria Blohm, editado pela Arte Plural Edições

8 Pizzas

Levedação 18-24 horas

A massa para pizza que fica a repousar no frigorífico é a mais saborosa, é mais fácil de fazer e produz as bases mais finas – daí usarem esta técnica nas pizzarias.

Ingredientes

500 g de água fria

10 g de fermento fresco

20 g de azeite

1 ovo

2 c. de chá de sal

850 g de farinha de trigo especial

Azeite, para untar o tabuleiro

Farinha, para estender a massa

Preparação

Pese a água numa taça e incorpore nela o fermento. Em seguida, pese os restantes ingredientes, vertendo-os diretamente da embalagem para a taça e colocando a balança no zero após cada pesagem, para sujar menos loiça.

Mexa a massa numa batedeira ou num robô de cozinha durante 5 minutos à velocidade mais baixa. Se preferir amassar à mão, deve duplicar o tempo. Certifique-se de que não adiciona mais farinha do que a receita pede.

Cubra a taça com plástico e deixe a massa repousar durante 1 hora.

Transfira a massa para uma superfície levemente polvilhada com farinha e divida-a em 8 partes com cerca de 170 g cada. Forme bolas com cada um dos pedaços de massa e disponha-as num tabuleiro ou prato forrado com papel vegetal untado com azeite.

Cubra com um pano e depois com película aderente ou com um saco de plástico grande.

Leve ao frigorífico durante 18-24 horas.

Na altura em que for cozer a pizza, preaqueça o forno a 250-275 °C. Use a grelha inferior do forno, com ou sem ventoinha. Coloque um tabuleiro no centro do forno.

Tire a massa do frigorífico. Cuidadosamente, solte as bolas de massa à vez do papel vegetal e polvilhe-as com farinha.

A massa deve ser esticada num círculo com as mãos, tal como fazem nas pizarias, mas também pode estendê-la com um rolo, se preferir.

Sacuda a farinha e transfira a base da piza para uma folha de papel vegetal. Guarneça a piza com os seus ingredientes preferidos. Tire o tabuleiro do forno e transfira o papel com a piza para o tabuleiro quente.

Coza a pizza durante 6-7 minutos no centro do forno.

O pão caseiro tem ciência, mas não segredos, considera Maria Blohm. Com um pouco de prática, afirma a autora de Pão Caseiro (Arte Plural Edições, 160 págs., €17,70), é possível fazer pães deliciosos em casa: salgado ou doce, tradicional ou de forma, com ou sem glúten, base de pizza, baguete, focaccia, de Natal, de canela, brioches, croissants, naan, bagels, chapatas. No livro, além de receitas, a escandinava Maria Blohm desmistifica algumas histórias sobre a cozedura do pão e explica quais os melhores métodos de fermentação, os eletrodomésticos e aparelhos a usar e os ingredientes indicados para cada tipo de pão.