Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Black Sheep, provavelmente o bar de vinhos mais pequeno de Lisboa

Comer e beber

No Black Sheep, o novo wine bar da Praça das Flores, em Lisboa, reinam os vinhos portugueses, na sua maioria naturais, orgânicos e biodinâmicos, que não se encontram nas prateleiras dos supermercados

Gonçallo Villaverde

Desde que visitou Portugal, em 2009, que Brian Patterson, ficou apaixonado pelo nosso país. “Começámos a vir todos os anos”, recorda o norte-americano de 47 anos, proprietário do novíssimo wine bar Black Sheep, em Lisboa. Nos Estados Unidos da América, Brian trabalhou durante 15 anos na indústria vitivinícola. Um amigo deu-lhe a provar os vinhos portugueses, mas a curiosidade levou-o a fazer uma viagem de norte a sul de Portugal, para visitar adegas e quintas, conhecer os produtores e, claro, provar os seus vinhos. Foi só depois deste périplo pelo País que Brian e a mulher, Jennifer, trocaram Seattle por Lisboa, para apostarem num negócio próprio. Na Praça das Flores, ao lado da Cerveteca, o casal encontrou o lugar ideal para abrir o Black Sheep, “provavelmente o wine bar mais pequeno da cidade”. Ali, apostam nos vinhos, na sua maioria naturais, orgânicos e biodinâmicos, de produtores independentes. E se Brian e Jennifer são novos na vizinhança, já não há quem não conheça Bear, o pachorrento cão de raça leonberger, que tem tanto de tamanho como de simpatia.

A funcionar também como loja, o bar tem cerca de 100 referências disponíveis em garrafa. A copo, são pelo menos 15 rótulos, entre brancos, tintos, verdes, rosés e espumantes (o preço varia entre os €3,50 e os €6,50), que se podem acompanhar com húmus de feijão-branco, enchidos e queijo de cabra com marmelada. Para lá dos vinhos, servem também cocktails, como o Negroni da casa, feito com um vermute mais intenso, e o Sandy Bottom, à base de rum e melancia. Para não ir às escuras, aqui fica uma breve explicação: “São vinhos feitos com a mínima intervenção possível, que respeitam as vinhas e os processos de fermentação”, diz Brian que não se poupará a mais pormenores no momento da visita.

Brian Patterson trocou Seattle por Lisboa para abrir um bar de vinhos de pequenos produtores portugueses

Brian Patterson trocou Seattle por Lisboa para abrir um bar de vinhos de pequenos produtores portugueses

Goncalo Villaverde

Black Sheep > Pç. das Flores, 62, Lisboa > qua-qui, dom 17h-24h, sex-sáb até à 1h