Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Chef Kiko: "Vamos colonizar Marte com o nosso bolinho de bacalhau"

Comer e beber

Kiko Martins venceu o Concurso Internacional La Patata Marciana, do Centro de Astrobiologia em Madrid, com uma receita que inclui bacalhau e chouriço. O chefe, que assina uma crónica semanal na secção Comer da VISÃO Se7e, acredita que os “marcianos vão gostar"

Um dia, quando formos a Marte, vamos todos comer bacalhau e chouriço. Pelo menos, assim ditou o concurso internacional La Patata Marciana, organizado pelo Centro de Astrobiologia em Madrid, parceiro internacional da NASA, que se destinava a escolher a melhor receita a ser confecionada num futura missão ao Planeta Vermelho.

Participaram oito cozinheiros de todo o mundo, mas o júri, reunido nesta segunda, 25, em Saragoça, em que pontuavam quatro chefes com Estrela Michelin, escolheu o chefe português, proprietário dos restaurantes O Talho, A Cevicheria, O Asiático, O Watt, O Poke e O Surf&Turf, todos em Lisboa.

A receita de Kiko Martins, uma espécie de bolinho de bacalhau, baptizada de 1, 2, 3... Marte e inspirada no Planeta Vermelho, na apresentação , inclui nos seus ingredientes batata, bacalhau, chouriço, azeitonas, algas, ovo, cebola, salsa e alho, embora tratados de forma diferente. O chouriço desidratado dá-lhe a cor, e as azeitonas reproduzem os vulcões de Tharsis, imagem do planeta Marte e as maiores montanhas de todo o sistema solar.

Para criar a receita, o chefe de cozinha trabalhou em parceria com o Canal Bit2Geek, composto por cientistas que colaboram em missões espaciais, para o aconselhar sobre o tipo de alimentos que deveria usar e que tivessem a validade de, pelo menos, nove meses, o tempo que dura a viagem entre a Terra e Marte.

Explica Kiko Martins: “Retirando a gordura e o excesso de água a certos produtos, através de processos de desidratação e de liofilização, consegue-se uma maior conservação e validade. É a água que, muitas vezes, leva à origem de fungos e de outras bactérias".

Quanto ao prato, o chefe português acredita que os “marcianos vão gostar porque tem os ingredientes fundamentais da alimentação portuguesa, o bacalhau, o chouriço, feitos com um bom refogado com alho, cebola e azeite. Vamos colonizar Marte com o nosso bolinho de bacalhau".

Se conseguisse levar mais ingredientes na bagagem, Kiko Martins não tem dúvida: “Levaria uma boa alheira de Mirandela e uma gamba do Algarve, também daria jeito, se a conseguisse desidratar. E ainda arroz, muito típico e com muita força energética, e pera rocha, para ir dando uma trincas enquanto conduzisse o Rover", diz com humor.

Veja o vídeo, em que Kiko Martins explica a relação entre os ingredientes da Terra e de Marte (por imposição do Concurso La Patata Marciana, o chefe fala em espanhol)