Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Receita: Guisado de cevada descascada e batata-doce com molho de rabanete e cebolo, por Jo Pratt

Comer e beber

​​​​Receita do livro Vegetariano em Part-time, de Jo Pratt, editado pela Arte Plural Edições

Susan Bell

Ingredientes (4 doses)

2 c. de sopa de azeite

1 cebola picada

2 dentes de alho, descascados e esmagados

2 c. de sopa de sementes de cominho

1 c. de sopa de paprica picante fumada

275 g de cevada descascada

750 ml de caldo de legumes quente

aprox. 650 g de batata-doce (2 unidades) descascada

1 c. de sopa de polpa de tomate

200 g de labneh ou queijo feta

flor de sal e pimenta preta moída no momento

Para o molho:

75 g de rabanetes, cortados em rodelas finas

5 cebolos, picados

3 tomates, sem sementes e cortados em cubos

sumo de 1 lima

uma mão-cheia de coentros, picados

2 c. de sopa de azeite extravirgem

Preparação (45 minutos)

Numa panela funda, aqueça o azeite e salteie a cebola, o alho, as sementes de cominho e a paprica em lume brando, durante 8 a 10 minutos, até dourarem começarem a pegar ao fundo. Junte a cevada descascada, envolva durante cerca de 30 segundos e acrescente o caldo. Tape e coza durante 10 minutos.

Corte a batata-doce em pedaços de 2 a 3 cm e junte-a à panela, seguida da polpa de tomate. Mexa, tape e cozinhe durante cerca de 15 minutos, até a batata-doce ficar completamente macia. Tempere com sal e pimenta. Se o guisado lhe parecer demasiado seco, acrescente mais algum caldo.

Enquanto o guisado apura, misture todos os ingredientes do molho e tempere com sal e pimenta. Quando estiver pronto, sirva o guisado com o molho por cima, finalizando com pedaços de labneh ou queijo feta esboroado.

A palavra é flexitarianismo (que junta "flexivel" e "vegetarianismo") para definir um regime alimentar que privilegia a ingestão de alimentos vegetais, relegando a carne, o peixe e os produtos de origem animal para segundo plano. Por outras palavras, é ser vegetariano em part-time, definição que dá título ao novo livro da inglesa Jo Pratt (chefe de cozinha, apresentadora e autora de vários livros de cozinha). Em 192 páginas, a autora reúne mais de 80 receitas de base vegetariana, com indicações sobre como acrescentar, caso o deseje, carne ou peixe. A inspiração vem das mais diversas tradições gastronómicas, do poke aos gnudi, do chili ao ramen, do risotto à tagine, passando pelos hambúrgueres e lasanhas. Vegetariano em Part-time (Arte Plural Edições, 192 págs., €18,80) inclui ainda uma lista do que não pode faltar na despensa, pela sua importância nutricional, e um capítulo dedicado à confeção de alguns pratos clássicos de carne e peixe.