Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

No café Comoba, serve-se comida orgânica, sem hora marcada

Comer e beber

Neste café perto do Cais do Sodré, em Lisboa, há uma ementa para todas as horas do dia. O Comoba serve smoothie bowls, panquecas, tacos e burritos, e é tudo orgânico

Arlindo Camacho

Comida saudável, café de especialidade com grãos do Quénia e boa música. O Comoba, no Cais do Sodré, é tudo isto e muito mais: uma enorme loja com muita luz natural, mesas individuais e mesas comunitárias, decoração ao estilo nórdico que não dispensa as plantas e uma fileira de lugares com fichas para trabalhar ao computador.

Aberto em maio, ali não há barreiras entre pequeno-almoço, almoço e lanche, o que faz do Comoba um bom sítio para passar a qualquer hora do dia. Ora tome nota: lattes (de beterraba, de chai e de açafrão), sumos e smoothies; panquecas de matcha (importada do Japão) com creme de caju, bagas selvagens e xarope de agave; tacos de peixe com abacate, couve-rouxa, chipotle de milho doce, beterraba e molho de abacaxi; ovos mexidos com legumes salteados, cogumelos, abacate e tosta de massa-mãe. Neste café – onde os ingredientes mudam consoante o que os pequenos produtores e os pescadores trazem –, tudo é feito ali mesmo, na cozinha, desde o pão e a massa dos burritos (com ovos mexidos, batata-doce, puré de milho e feijões) aos leites de amêndoa e aveia. De quinta a domingo, o horário estende-se para o jantar, mantendo o mesmo espírito – comida saudável e desperdício zero.

Panquecas de matcha com creme de caju, bagas selvagens e xarope de agave

Panquecas de matcha com creme de caju, bagas selvagens e xarope de agave

Arlindo Camacho

Comoba > R. de São Paulo, 101, Lisboa > T. 96 328 8453 > seg-qua 7h30-19h30, qui-dom 7h30-22h30