Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

In Diferente: Aquele gostinho especial no novo restaurante da Foz do Porto

Comer e beber

A chefe brasileira Angélica Salvador enamorou-se pela comida portuguesa e abriu, na Foz, o In Diferente, um restaurante para servir uma cozinha contemporânea de autor

A chefe brasileira Angélica Salvador abriu o seu primeiro restaurante, na Foz do Porto, depois de ter passado pelas cozinhas de vários hotéis no Algarve e em Lisboa
1 / 4

A chefe brasileira Angélica Salvador abriu o seu primeiro restaurante, na Foz do Porto, depois de ter passado pelas cozinhas de vários hotéis no Algarve e em Lisboa

Lucilia Monteiro

2 / 4

Lucilia Monteiro

O risoto de vieiras
3 / 4

O risoto de vieiras

Lucilia Monteiro

O Romeu & Julieta, à sobremesa - crumble de frutos vermelhos, espuma de queijo e goiabada - evoca as memórias de infância da chefe no Brasil
4 / 4

O Romeu & Julieta, à sobremesa - crumble de frutos vermelhos, espuma de queijo e goiabada - evoca as memórias de infância da chefe no Brasil

Lucilia Monteiro

Quando deixou o Panamá, no estado de Goiás, no Brasil, há 13 anos, Angélica Salvador veio para Portugal “numa aventura”. Com um curso de cozinha debaixo do braço, ganhou experiência em restaurantes de hotel – primeiro, no Sheraton e no Vila Vita Parc, no Algarve, depois no Troia Design e no Júpiter Lisboa. Agora, aos 34 anos, decidiu abrir o seu restaurante, na Foz do Porto, com o marido, Tiago Bonito, e com Adácio Ribeiro (respetivamente, chefe de cozinha e diretor de Comidas e Bebidas, do Largo do Paço – Casa da Calçada, em Amarante). “A ideia é ser diferente, com uma cozinha contemporânea portuguesa de autor”, diz, de sorriso aberto e com sotaque brasileiro, sobre o In Diferente, inaugurado em meados de outubro.

O peixe – fresco, das lotas de Angeiras (em Matosinhos) e Aveiro –, destaca-se na carta, a mostrar a paixão de Angélica pelo mar. É o caso do carpaccio de polvo com pimentos fumados, cebola roxa e coentros (€11,50), das lulas com batata-doce, cupita de porco preto e molho de caldeirada (€19) e do robalo com xerém de bivalves, salicórnia e champanhe (€22). Nas carnes, tem um carinho especial pelo leitão com batata crocante, alface marinada e puré de laranja (€19), que aprendeu a confecionar com a sogra e com os avós do marido. “Quis servi-lo no prato, igualmente estaladiço”, diz Angélica.

Mas há outras opções: paletilha de borrego de leite com arroz de forno e grelos salteados (€29), novilho com cogumelos à la crème e batata sauté (€23) e risoto de vieiras (€20). Para saborear o único prato que levou a chefe de cozinha às raízes da sua infância, temos de esperar pela sobremesa: o Romeu & Julieta, um crumble de frutos vermelhos, espuma de queijo e goiabada (€7), recorda-lhe os tempos em que se sentava “debaixo da árvore, a comer goiabas com sal”, conta. A ideia é fazer crescer a carta, gradualmente – o foie gras com rabanada de vinho do Porto, maçã e fava tonka (€13) é a mais recente novidade. Porque ambição e técnica não faltam a Angélica Salvador, sempre incentivada pelo marido. “O Tiago é o meu ponto de referência. Quero mostrar que nós, mulheres, somos capazes e conseguimos liderar”, afirma, convicta.

In Diferente > R. Dr. Sousa Rosa (próximo da Praça de Liége), 23, Porto > T. 22 092 4377 > ter-sáb 12h30-15h, 19h30-23h, dom 12h30-15h > menu executivo €16 (€2 copo de vinho)