Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Early: A nova cafetaria do Porto onde tudo chega no tempo certo

Comer e beber

Os irmãos Patrícia e Emanuel de Sousa abriram uma cafetaria em Cedofeita, no Porto, para nos dar a provar o que a terra dá. Sem pressa

Os irmãos Emanuel e Patrícia de Sousa voltam a juntar-se num projeto com preocupações de sustentabilidade

Os irmãos Emanuel e Patrícia de Sousa voltam a juntar-se num projeto com preocupações de sustentabilidade

Lucilia Monteiro

O nome ajuda a explicar ao que vamos. Early (do inglês, cedo) porque se quer no tempo certo a apanha dos legumes e da fruta a constarem no menu da nova cafetaria de Cedofeita, no Porto. Cedo são também as duas primeiras sílabas do nome do bairro onde Early abriu no primeiro dia de agosto, ocupando o lugar deixado vago pela livraria e discoteca Contraste. Os sonhos dos irmãos Patrícia e Emanuel de Sousa voltaram a materializar-se numa cafetaria saudável, para saborear desde o pequeno-almoço ao lanche. A dupla – ela economista, ele arquiteto – começou com o Rosa et Al Townhouse, uma guest house no quarteirão de Bombarda, seguiu-se a loja Early Made e, agora, uma cozinha que nos dá a provar as suas criações portuguesas de influência mediterrânica.

Foccacia de tomates videira e pesto de manjericão

Foccacia de tomates videira e pesto de manjericão

Lucilia Monteiro

No dia que visitámos Early, o menu (muda às terças) propunha tarte tatin de beterraba e chalotas (€8), foccacia de tomates videira e pesto de manjericão (€7,50), peito de frango do campo com bulgur (€10), e, para sobremesa, triffle de frutas do bosque com cracker de chocolate (€5,50). A todas as horas há pão de fermentação lenta feito na casa – alfarroba, batata-doce, trigo ou sementes –, bolo de banana e de gengibre (€3,50/fatia), scones (€3), rabanada de brioche com bacon, chutney de pimentos e xarope de ácer (€7,50), ovos com pão caseiro (€5,50), tábuas de queijos, carne, peixe ou vegetais (€9-€15). O café de especialidade, os chás, as sodas caseiras e os cocktails podem acompanhar hummus, batatas fritas de mandioca, pipocas salgadas com especiarias, granola salgada e power balls (€1,50- €2,50).

A arquitetura teve em conta “a história e a alma” do edifício. Reproduziram-se as madeiras em mogno nas paredes, mantiveram-se as grandes janelas (onde nasceu um balcão virado para a rua) e no antigo cofre de valores nasceu uma sala privada. O traço modernista está presente no chão e nos tampos das mesas em mármore, nos candeeiros do pós-guerra e nas cadeiras de Kramer e Rietveld (de 1950), que se misturam com outras, mais recentes. A respeitar o tempo certo.

Ainda neste ano deve ser lançado o primeiro livro de receitas da dupla de irmãos: The Townhouse Kitchen – The Daily Brunch, a convite da editora inglesa The New Heroes & Pioneers.

Lucilia Monteiro

Early > R. dos Bragas, 374, Porto > T. 22 112 4203 > ter-sáb 9h-18h