Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Restaurante Afuri: A delicadeza do Japão em Lisboa

Comer e beber

Os ramens, temperados com yuzu, são o prato-estrela do Afuri, cadeia de restaurantes japoneses, agora com morada no Chiado

Ramen Yusu Shoyu é um dos pratos fortes da ementa, preparado com molho shoyu tare, caldo de galinha, carne de porco de chashu, ovo, indívia, rebentos de bambu, citrino asiático yuzu e alga nori
1 / 8

Ramen Yusu Shoyu é um dos pratos fortes da ementa, preparado com molho shoyu tare, caldo de galinha, carne de porco de chashu, ovo, indívia, rebentos de bambu, citrino asiático yuzu e alga nori

Para entreter o paladar, sugere-se as Crispy Fried Gyoza Dumplings, feitas com carne de porco picada, cebolinho, rama de alho, gengibre, repolho de napa, alho francês, maionese kewpie e molho picante da casa
2 / 8

Para entreter o paladar, sugere-se as Crispy Fried Gyoza Dumplings, feitas com carne de porco picada, cebolinho, rama de alho, gengibre, repolho de napa, alho francês, maionese kewpie e molho picante da casa

A dois passos do Teatro São Luiz, no Chiado, o Afuri aposta numa decoração descontraída
3 / 8

A dois passos do Teatro São Luiz, no Chiado, o Afuri aposta numa decoração descontraída

O shi moriawase é uma especialidade grelhada que surge à mesa como um sortido de espetadas de peixe, carne e legumes
4 / 8

O shi moriawase é uma especialidade grelhada que surge à mesa como um sortido de espetadas de peixe, carne e legumes

Nas entradas frias, destaca-se o House Made Tofu, com dashi de soja vegan, gengibre, cebolo, bonito seco, microgreens e sal yukari
5 / 8

Nas entradas frias, destaca-se o House Made Tofu, com dashi de soja vegan, gengibre, cebolo, bonito seco, microgreens e sal yukari

Outra aposta do Afuri é o bar, onde, além de cocktails, podem provar-se uma grande variedade de whiskies japoneses (degustação €15-€30) e delicados sakés (degustação €18-€22)
6 / 8

Outra aposta do Afuri é o bar, onde, além de cocktails, podem provar-se uma grande variedade de whiskies japoneses (degustação €15-€30) e delicados sakés (degustação €18-€22)

A matcha tiramisu, uma das sobremesas, de sabor leve e cremoso
7 / 8

A matcha tiramisu, uma das sobremesas, de sabor leve e cremoso

Bernardo Nabais é o chefe responsável pela confeção da ementa do Afuri em Lisboa, restaurante especializado em cozinha japonesa, com enfoque nos ramens
8 / 8

Bernardo Nabais é o chefe responsável pela confeção da ementa do Afuri em Lisboa, restaurante especializado em cozinha japonesa, com enfoque nos ramens

Conhecida por ter uma das melhores águas do mundo, a montanha sagrada Afuri, na província de Kanagawa, no Japão, serviu de inspiração a Hiroto Nakamura que, em 2003, abria em Tóquio o primeiro restaurante com aquele nome, especializado em ramen. Mais tarde, expandiu-se por outras cidades do Japão, contando, desde 2016, com duas moradas em Portland, nos Estados Unidos da América. Por cá, o Afuri chegou em finais de agosto, instalando-se a dois passos do Teatro São Luiz, no Chiado. E não será o único a abrir em Lisboa, adiantam os responsáveis, explicando ainda que Portugal foi o país escolhido para testar as possibilidades de expansão na Europa.

Se o Japão tem a melhor água para confecionar os ramens, em Portugal é a qualidade do peixe e dos legumes que os torna especiais. A ideia é que, à mesa do Afuri, não se notem diferenças, independentemente do país onde nos encontramos. Para manter esta consistência, explica Bernardo Nabais, chefe-executivo do Afuri em Lisboa, importam-se alguns ingredientes, como as especiarias e o yuzu, um pequeno citrino japonês, produzido numa quinta do Japão para a cadeia de restaurantes, que dá frescura a estes caldos, leves e delicados, resultante de uma cozedura lenta, ao longo de oito horas (os preços variam entre os 
€14 e os €15). Sugere-se o Yuzu Shoyo, com shoyo tare, caldo de galinha, carne de porco, chashu, ovo, endívia, rebentos de bambu e alga nori. De sabor picante é o caldo Tonkotsu Tantanmen, que leva alho-francês e pedaços de carne de porco picada com alho e gengibre.

Antes de se chegar ao prato-estrela do Afuri, vale a pena experimentar, nas entradas, o delicioso tofu caseiro (preparado a partir de um dash de soja vegan, gengibre, cebolo, bonito seco, microgreens e sal yukari, €10), as gyozas feitas na hora, crocantes e picantes, e as (gulosas) coxas de frango fritas, acompanhadas por salada de ovo com yuzukosho, pimento shishito e limão. Na secção grelhados, para partilhar, a tábua Gindara Sakyo Yaki (€20) desvenda um bacalhau preto marinado, vegetais da época e molho de saiko miso. E se ainda restar apetite, termine com o tiramisu com matcha, 
o tradicional doce italiano feito com chá verde, 
em vez de café.

Em breve, o restaurante vai ter um menu de almoço, composto por um ramen, bebida e café (€15).

Afuri > R. Paiva de Andrada, 27, Lisboa > T. 96 871 0555 > seg-sex 12h-15h, 19h-24h, sáb 12h-24h