Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Mano a Mano: Dose dupla no novo restaurante italiano de Lisboa

Comer e beber

A burrata com geleia de pimentos, as pizzas napolitanas e as romanas e a panacotta com caramelo salgado do Mano a Mano levam-nos a viajar pela cozinha de Itália. Um itinerário com várias paragens e paladares, no novo restaurante de Lisboa

A burrata sobre uma geleia de pimentos vermelhos com anchovas em azeite é uma das entradas da ementa do novo restaurante italiano de Lisboa

A burrata sobre uma geleia de pimentos vermelhos com anchovas em azeite é uma das entradas da ementa do novo restaurante italiano de Lisboa

Filipe Vera-Cruz

A dualidade está presente em vários pormenores e curiosidades no novo restaurante italiano Mano a Mano, que abriu no início deste mês, perto do Cais do Sodré, em Lisboa. Assim que se entra, veem-se na cozinha aberta os dois fornos, alinhados lado a lado. Fica-se a saber que um serve para cozinhar as pizzas napolitanas, conhecidas pela sua massa leve e alta, e o outro para as pizzas romanas, mais finas e crocantes.

Ambas as massas são feitas com farinha tipo 00, de fermentação lenta, e têm as mesmas combinações de sabores. Até as personagens escolhidas para ilustrarem as várias ementas aparecem em dupla: nas entradas e pratos principais, fotografias dos ex-jogadores de futebol Diego Maradona e Francesco Totti e, na lista dos vinhos (com referências italianas e portuguesas), os líderes políticos Silvio Berlusconi e Júlio César. Agora, dê-se início à refeição, que promete aproximar-se do que se encontraria numa mesa típica italiana. “Desde o pão às massas, tudo é feito nesta casa“, começa por dizer António Oliveira e Silva, um dos responsáveis do Mano a Mano (e do restaurante EsteOeste, no CCB, em Belém), deixando ainda a seguinte dica: “Um italiano, quando se senta à mesa, pede sempre dois pratos, nunca come apenas um.” Confessamos que a nossa prova ultrapassou este número, quer em iguarias quer em horas 
de degustação, e que valeu a pena embarcar nesta viagem pelos sabores genuínos de Itália.

Neste restaurante qualquer uma das pizzas, como a margherita, pode ser pedida com massa napolitana ou romana, dependendo se aprecia massa leve e alta ou mais fina e crocante

Neste restaurante qualquer uma das pizzas, como a margherita, pode ser pedida com massa napolitana ou romana, dependendo se aprecia massa leve e alta ou mais fina e crocante

Para “desmistificar a ideia de que o italiano só come massas e pizzas”, explica Laura Schneider, chefe-executiva do Mano a Mano, que passou uma longa temporada em Florença a estudar todos os segredos desta cozinha, o banquete começa com a burrata sobre uma geleia de pimentos vermelhos com anchovas em azeite (€12,50), de prova obrigatória (acrescentamos nós!), e com um taglieri (€16,50), composto por uma seleção de queijos e fumados servidos com caponata de legumes e cesto de pães da casa, só para mencionar duas das (muitas) iguarias que conquistaram a nossa atenção, e claro, o nosso paladar.

Com o apetite a pedir pratos com mais substância, eis que chegam o spaghetti alla chitarra com burrata (€12,50) e o risotto com abóbora assada, provolone e tomate seco (€13,50), duas sugestões ricas em sabor. Segue-se a degustação de pizzas, onde se destaca a (gulosa!) Mano a Mano (€12) com molho de tomate, mozzarella di Bufala, queijo Grana Padano, prosciutto de Parma, tomate cherry e manjericão; e as bochechas de vitela estufadas em vinho tinto com puré de batata com azeite e limão (€14,50). O desfile das sobremesas foi igualmente longo (e apelativo), mas a colher insistiu em cair várias vezes na taça da panacotta com calda de caramelo salgado. Buon viaggio!

A chefe Laura Schneider e o pizzaiolo Sidney são os responsáveis pelos pratos que se podem saborear no Mano a Mano

A chefe Laura Schneider e o pizzaiolo Sidney são os responsáveis pelos pratos que se podem saborear no Mano a Mano

Aos domingos, a carta também inclui lasagne alla bolognese, que chega a mesa num tabuleiro familiar e pode ser partilhada por quatro (€40) ou por seis (€55) pessoas, mediante reserva prévia.

Mano a Mano > R. do Alecrim, 22, Lisboa > T. 91 405 4273 > seg-dom 12h-24h