Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

No restaurante Atlântico, no Intercontinental Estoril, Miguel Laffan recebe como em casa

Comer e beber

Miguel Laffan regressa a Cascais, onde nasceu e cresceu, mais maduro e grato. Em frente ao mar, apresenta uma cozinha simples, com produtos locais e nacionais, sem fusões ou revisitações

O robalo de linha com molho à francesa é um dos pratos de peixe da ementa assinada por Miguel Laffan
1 / 7

O robalo de linha com molho à francesa é um dos pratos de peixe da ementa assinada por Miguel Laffan

D.R.

Presa de Porco ibérico
2 / 7

Presa de Porco ibérico

D.R.

Tom Yam Kum de lavagante
3 / 7

Tom Yam Kum de lavagante

D.R.

O restaurante Atlântico, no Intercontinental Estoril
4 / 7

O restaurante Atlântico, no Intercontinental Estoril

Divulgacao

Vieiras com cogumelos selvagens
5 / 7

Vieiras com cogumelos selvagens

D.R.

Escalope de foie gras grelhado com salada de beterraba e framboesas
6 / 7

Escalope de foie gras grelhado com salada de beterraba e framboesas

Miguel Laffan lidera ainda a cozinha do restaurante L'And, em Montemor-o-Novo, e um food corner no Mercado da Ribeira
7 / 7

Miguel Laffan lidera ainda a cozinha do restaurante L'And, em Montemor-o-Novo, e um food corner no Mercado da Ribeira

D.R.

É na sala envidraçada do restaurante Atlântico, com vista para o mar e para os encantos de Cascais, que apetece devorar os lingueirões cozinhados na chapa com alho e coentros (€14) e os percebes das Berlengas (€18). Estas são apenas duas das entradas pensadas pelo chefe Miguel Laffan, que desde fevereiro trabalhou discretamente na renovação deste restaurante no Hotel Intercontinental Estoril. Ali, envolveu-se na criação da nova ementa, assente numa cozinha simples, feita com produtos locais e nacionais, sem fusões ou revisitações, não esquecendo os vinhos. Também ajudou na reorganização da sala e na sua nova decoração em tons de bege, azul e verde-marinho.

Apesar disso, só há uns dias o chefe, nascido e criado em Cascais, fez questão de anunciar esta boa nova. “Agora tenho uma casa de praia”, diz-nos em tom de brincadeira, assumindo estar apaixonado por este sítio, onde se consegue sentir da esplanada o cheiro da maresia. De volta aos pratos, antes de se passar para sugestões com outra substância, há mais mariscos apanhados na Costa do Sol, Peniche e Setúbal para apreciar, como as gambas brancas ao natural (€16) que se podem ir molhando na maionese. A restante carta divide-se em várias categorias, entre elas, os tártaros de atum (€16) e de salmonete e bergamota com puré de couve-flor e essência marítima (€18). Nas pastas e risotos, o tagliatelle de marisco com molho de champanhe e açafrão (€26) pode ser uma opção a ter em conta na hora do pedido. Já nos peixes, há quatro opções do dia: robalo de linha, salmonete dos Açores, atum dos Açores ou pregado. E, porque neste Atlântico não se come apenas peixes e mariscos, a carne também marca presença. Por isso, nas sugestões do talho para a grelha, salienta-se a vazia de novilho maturado 30 dias (€30), que se derrete na boca. Antes de sair, experimente-se ainda o brownie de chocolate e avelã (€7) e o crème brûlée de maracujá (€7), que surpreendem o olhar e, acima de tudo, o paladar. Há cerca de 20 anos que o chefe saiu da região de Cascais à procura de uma vida melhor. “Agora regresso mais grato e maduro”, confessa Miguel Laffan.

Atlântico > Intercontinental Estoril > Av. Marginal, Monte Estoril, Cascais > T. 21 829 1049 > seg-dom 12h30-15h30, 19h-23h