Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Porto de honra: Os 430 anos da Croft

Comer e beber

A história da Croft remonta a 1588, em York, e tem uma ligação indissociável ao vinho do Porto. A opinião do crítico gastronómico da VISÃO Se7e, Manuel Gonçalves da Silva

Uma prova vertical de Porto Vintage é sempre um exercício exaltante e, para quem participa, um privilégio. A prova comemorativa do 430º aniversário da Croft foi particularmente rica por evocar a origem da mais antiga casa de vinho do Porto, em 1588, que está, hoje, entre as mais conceituadas produtoras de Porto Vintage. Depois, por incluir 16 vinhos notáveis, dos quais se destacam o de 1945, que tem lugar entre as preciosidades mais raras, e o de 2016, com categoria para ascender aos clássicos Vintage Croft. E ainda, por ter antecedido um jantar de celebração na Feitoria Inglesa, cuja história se confunde com a do próprio vinho do Porto.

No âmbito destas comemorações, a empresa decidiu produzir uma edição limitada de um vinho do Porto: o Croft 430thth Anniversary Celebration Edition. Não se trata de um dos Vintage que lhe abrilhantam o nome e cimentam o prestígio, mas de um belo Porto Reserva Ruby, que vai ser lançado em julho e está pronto a ser consumido, para acompanhar um bom queijo ou sobremesas à base de chocolate preto e frutos silvestres.

Neste ano, a empresa comemora também os dez anos do lançamento do Croft Pink, “o primeiro vinho do Porto rosé e que deu continuidade ao espírito pioneiro que caracteriza a história da casa”, na expressão do diretor- -geral, Adrian Bridge. De estilo inovador, apresenta- -se como alternativa nos meses mais quentes, servido fresco, entre os 6º e os 7ºC, ou com gelo, a acompanhar sobremesas leves, fruta, amêndoas torradas, azeitonas e, obviamente, a boa conversa. E a cereja no topo do bolo, neste ano de boas recordações: saiu o Croft Vintage 2016. E o nome diz tudo: é um grande vinho do Porto.

Croft 430th Anniversary Celebration Edition
É um Porto Reserva Ruby de cor retinta com auréola arroxeada, aroma penetrante a frutos pretos com delicadas notas florais, paladar aveludado com presença de frutos silvestres, taninos firmes e acidez viva bem integrados. Bom equilíbrio e final harmonioso. €17,90

Croft Pink
Feito com as uvas tradicionais do vinho do Porto, com escasso contacto do sumo com as películas, durante a fermentação, para extrair a sua cor rosada e os seus aromas muito frutados e frescos com notas florais atraentes. Paladar a frutos vermelhos com um toque cítrico e algum mel, final seco e muito agradável. €11,99

Croft Vintage 2016
Um clássico da Croft de cor ruby profunda com bordo roxo vivo, aroma concentrado com impressivas notas de frutos pretos, e de esteva e eucalipto. Paladar cheio, equilibrado, evidenciando a enorme qualidade dos taninos e a elegância da estrutura, final longo, elegante e muito sedutor. €80

Uma prova vertical de Porto Vintage é sempre um exercício exaltante e, para quem participa, um privilégio. A prova comemorativa do 430º aniversário da Croft foi particularmente rica por evocar a origem da mais antiga casa de vinho do Porto, em 1588, que está, hoje, entre as mais conceituadas produtoras de Porto Vintage. Depois, por incluir 16 vinhos notáveis, dos quais se destacam o de 1945, que tem lugar entre as preciosidades mais raras, e o de 2016, com categoria para ascender aos clássicos Vintage Croft. E ainda, por ter antecedido um jantar de celebração na Feitoria Inglesa, cuja história se confunde com a do próprio vinho do Porto.

No âmbito destas comemorações, a empresa decidiu produzir uma edição limitada de um vinho do Porto: o Croft 430thth Anniversary Celebration Edition. Não se trata de um dos Vintage que lhe abrilhantam o nome e cimentam o prestígio, mas de um belo Porto Reserva Ruby, que vai ser lançado em julho e está pronto a ser consumido, para acompanhar um bom queijo ou sobremesas à base de chocolate preto e frutos silvestres.

Neste ano, a empresa comemora também os dez anos do lançamento do Croft Pink, “o primeiro vinho do Porto rosé e que deu continuidade ao espírito pioneiro que caracteriza a história da casa”, na expressão do diretor- -geral, Adrian Bridge. De estilo inovador, apresenta- -se como alternativa nos meses mais quentes, servido fresco, entre os 6º e os 7ºC, ou com gelo, a acompanhar sobremesas leves, fruta, amêndoas torradas, azeitonas e, obviamente, a boa conversa. E a cereja no topo do bolo, neste ano de boas recordações: saiu o Croft Vintage 2016. E o nome diz tudo: é um grande vinho do Porto.

Croft 430th Anniversary Celebration Edition
É um Porto Reserva Ruby de cor retinta com auréola arroxeada, aroma penetrante a frutos pretos com delicadas notas florais, paladar aveludado com presença de frutos silvestres, taninos firmes e acidez viva bem integrados. Bom equilíbrio e final harmonioso. €17,90

Croft Pink
Feito com as uvas tradicionais do vinho do Porto, com escasso contacto do sumo com as películas, durante a fermentação, para extrair a sua cor rosada e os seus aromas muito frutados e frescos com notas florais atraentes. Paladar a frutos vermelhos com um toque cítrico e algum mel, final seco e muito agradável. €11,99

Croft Vintage 2016
Um clássico da Croft de cor ruby profunda com bordo roxo vivo, aroma concentrado com impressivas notas de frutos pretos, e de esteva e eucalipto. Paladar cheio, equilibrado, evidenciando a enorme qualidade dos taninos e a elegância da estrutura, final longo, elegante e muito sedutor. €80