Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Vinhos Verdes: Todos do Avesso

Comer e beber

Em Baião e em Resende chamam-lhe sua, mas a casta Avesso também tem raízes noutras áreas da região, onde dá vinhos leves, aromáticos, saborosos e frescos. ​​​​​A opinião do crítico gastronómico da VISÃO Se7e, Manuel Gonçalves da Silva

Ninguém sabe exatamente quantas castas existem em Portugal. E as dúvidas estendem--se à forma como são designadas: há casos em que a mesma casta tem designações diferentes em várias regiões e outros, menos frequentes, em que diferentes castas têm a mesma designação… Certo, certo, é que temos centenas de castas, algumas de altíssima qualidade, que são a base da diversidade dos nossos vinhos – e da sua personalidade.

Na Região dos Vinhos Verdes há castas de elite que todos conhecem e apreciam, como a Alvarinho, que tem o seu território de eleição no vale do Minho (Monção e Melgaço), e a Loureiro, que reina no vale do Lima. Mas há outras de grande valor, quer económico quer enológico, entre as quais se conta a Avesso, que se adaptou magnificamente à sub-região de Baião, tal como às de Amarante, Paiva e Sousa. Merecedora de mais reconhecimento, a casta Avesso produz vinho de qualidade, seja em lote seja elementar. Com grau alcoólico tendencialmente baixo e muito boa acidez natural, o vinho não tem grande potencial de envelhecimento, mas será para consumir no ano. E se as condições técnicas forem adequadas, apresentará, seguramente, boa intensidade de cor, aroma frutado e floral muito apelativo, paladar elegante, frutado, fresco, harmonioso, com grande nível. Do melhor que se pode encontrar nos vinhos leves, e nos vinhos verdes em geral. Na ocasião certa, é um vinho capaz de nos tirar do avesso da vida e de nos pôr a celebrá-la, com um copo na mão.

Casa de Vilacetinho Avesso Superior 2016
Cem por cento Avesso, com cor intensa entre limão e palha, aroma fino com notas frutadas e um toque floral de laranjeira. Paladar cheio, fresco, equilibrado, final persistente marcado pela elegância. Refinou com o tempo que leva em garrafa, prova do bom trabalho feito na vinha e na adega. €9,50

Covela Edição Nacional Avesso 2017
Só Avesso neste vinho de cor citrina com reflexos dourados, aroma frutado com notas cítricas e tropicais a que se associa um toque floral. Paladar cremoso com a fruta a impor-se, bem conjugada com a acidez, num conjunto bem estruturado, elegante, fresco, jovial e muito afirmativo. €8

Muros Antigos Avesso 2017
Um monocasta com a assinatura do enólogo-mor dos Alvarinhos, Anselmo Mendes. Cor verde-limão, aroma discreto mas expressivo, com notas de fruta e um toque mineral, paladar com boa estrutura, excelente acidez e acentuada mineralidade. Final longo, fresco. €7,50