Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Porto recebe um dos maiores festivais de cerveja artesanal da Península Ibérica

Comer e beber

Na terceira edição, o Porto Beer Fest cresceu e entre esta quarta, dia 13, e sábado, 16, terá em prova 311 estilos de cerveja artesanal de Portugal e do mundo.

O terceiro Porto Beer Fest serám o maior festival do género realizado na Península Ibérica

O terceiro Porto Beer Fest serám o maior festival do género realizado na Península Ibérica

“Nunca houve um festival com tantos estilos diferentes de cerveja na Península Ibérica”, confessa, satisfeito, Octávio Costa, organizador do festival Porto Beer Fest que entre esta quarta, dia 13, e sábado, 16, invade os Jardins do Palácio de Cristal. À terceira edição, o maior festival da cultura cervejeira artesanal cresceu e já conta com a participação de 50 cervejeiros – mais 20 do que no ano passado – não só de Portugal, mas também de Espanha (País Basco, Catalunha, Galiza) Estónia, EUA, Bélgica, Noruega, Suécia. Inglaterra, Itália, Luxemburgo, Dinamarca e Finlândia.

Outra novidade será a apresentação (e a prova) das novas tendências na cerveja artesanal. Há as grape ales (elaboradas a partir do mosto de uvas), hoppy lagers (com adição de lúpulos aromáticos cítricos ou florais), sidras e hidromel com bases de frutas, as maturadas em barricas de vinhos generosos e destilados (o barrel aged) e ainda as glúten free, “uma tendência e uma necessidade do mercado”, salienta Octávio Costa, reforçando a “evolução tremenda” que se tem verificado no setor cervejeiro.

Cerveja, música, ioga até a um cabeleireiro não faltam no festival

Cerveja, música, ioga até a um cabeleireiro não faltam no festival

Pedalar pela cerveja (e ver o Mundial)

Outra novidade neste festival são as cervejas colaborativas, cujas receitas são produzidas por dois ou mais cervejeiros. E o Porto Beer Fest terá vários exemplos: a Pastel de Nata Brown Ale (lançada dia 13 jun, às 19h30) produzida a partir da colaboração entre a Mean Sardine (Ericeira) com a americana Harpoon Brewery, de Boston (EUA) com “nuances de canela, de lactose e de biscuit”, revela Octávio Costa. Da Estónia, virá a Tanker Brewery que nos dará a provar uma cerveja feita em conjunto com dois portugueses (PostScriptum e MOMBrewers). Uma das presenças mais curiosas será a do brasileiro Tiago Falcone, que, há dois anos, anda a percorrer o mundo de bicicleta na World Beer Cycling Tour. O cervejeiro que já passou por 15 países – Portugal é o 16º e, há dias, fez uma cerveja com a minhota Letra – terá em prova a receita que fez na Bélgica (14 jun, 19h30).

A harmonizar com as cervejas conte com vários petiscos como presuntos, queijos, enchidos, conservas, tremoços, e, até, torrefação e mistura de cafés. A animar o Porto Beer Fest – que, no ano passado, foi visitado por 40 mil pessoas - há música ao vivo com a atuação de Dj e bandas como os Shuffle, 7Magníficos, Tony Perry, A Boy NAmed Sue, Guilherme Barros, Farofa, Portuguese Pedro, Moonshiners e Mosca.

Um barbearia e um cabeleireiro, sessões diárias de ioga (às 19 horas) e um écran gigante onde poderá assistir ao jogo Portugal-Espanha (sexta, às 18h) são outros atrativos do festival. Depois de fecharem as portas dos Jardins do Palácio de Cristal, a festa estende-se aos bares de cerveja artesanal da Baixa do Porto como os Letraria, Patrria Craft Beer, Gulden Draak Bierhuis, Catraio e Armazém da Cerveja.

Porto Beer Fest > Jardins Palácio de Cristal, R. D. Manuel II, Porto > 13-16 jun, qua-sex 17h-24h, sáb 13h-24h > Entrada grátis > Copo €3,50