Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Jamie's Italian: Do Reino Unido para Lisboa, mas com receitas de Itália

Comer e beber

O restaurante da cadeia mundial que leva o nome de Jamie Oliver abriu no Príncipe Real, em Lisboa. Ali, há pizzas, massas frescas e outras especialidades italianas

A tábua de carnes frias do Jamie's Italian é composta por salami de funcho, mortadela com pistácio, vegetais grelhados e marinados em alho e azeite de ervas aromáticas, além de queijo Pecorino

A tábua de carnes frias do Jamie's Italian é composta por salami de funcho, mortadela com pistácio, vegetais grelhados e marinados em alho e azeite de ervas aromáticas, além de queijo Pecorino

As latas de tomate de conserva, em cima da mesa, causam estranheza. Pelo peso, percebe-se que estão cheias e, um olhar mais atento, revela estarem dentro da validade. Antes que se faça um disparate, aguarde-se pela justificação. Esse momento acontece quando as tábuas de carnes frias e a vegetariana (€7,50 por pessoa) são servidas no novíssimo e (muito) aguardado restaurante Jamie’s Italian, do conhecido chefe britânico Jamie Oliver, aberto há poucas semanas no Príncipe Real, em Lisboa. São uma espécie de base para elevar, ao olfato mas também aos olhos, as tábuas compostas por salami de funcho, mortadela com pistácio, vegetais grelhados e marinados em alho e azeite de ervas aromáticas, queijo Pecorino, entre outros ingredientes.

É com estas iguarias que se pode começar a refeição neste restaurante, especializado na cozinha italiana, com 500 metros quadrados, distribuídos por três pisos e dois terraços. Ainda nas entradas, há que provar o pão brioche, com manteiga de ervas caseira, alho tostado, alecrim e parmesão (€4,75) e as lulas fritas crocantes com chili, alho e salsa, servidas com maionese de alho (€7,75). Mas guarde-se apetite para as massas frescas, feitas todos os dias com as farinhas 00 e de trigo, ovos free range (de galinhas criadas ao ar livre) e muito amor, conforme pode ler-se num quadro perto da mesa. À escolha há spaguetti nero com lulas fritas, mexilhões, polvo, alcaparras, chili, anchovas, tomates e vinho branco (€13,95), e tagliatelle com molho ragú de carne de vitela, preparado em cozedura, com vinho tinto e coberto com pão ralado e parmesão (€11,95).

Brownie com molho de chocolate, gelado de caramelo salgado e pipocas caramelizadas

Brownie com molho de chocolate, gelado de caramelo salgado e pipocas caramelizadas

Das oito pizzas da ementa, o destaque vai para a truffle shuffle com molho branco, queijo Cantal, cebolas aromatizadas em balsâmico, ovo e trufa negra (€15,95), e nas carnes, as costeletas de borrego grelhadas (€17,95) – e que o chefe britânico apregoa como sendo responsáveis pelos dedos queimados de alguns clientes, que não esperam que estas arrefeçam para as comer à mão. Para terminar, sugere-se um brownie com molho de chocolate, com gelado de caramelo salgado e pipocas caramelizadas. Muita coisa com a mão de Jamie Oliver para ser saboreada, portanto, só o próprio é que nem vê-lo.

O Jamie’s Italian de Lisboa é o 64º restaurante da cadeia que leva o nome de Jamie Oliver, proprietário também do Barbecoa, em Londres. O chefe britânico é ainda responsável pela Jamie Oliver Food Foundation e o Food Revolution Day que têm por objetivo melhorar a qualidade de vida das pessoas através de uma boa alimentação.

Jamie's Italian > Pç do Príncipe Real, 28A, Lisboa > T. 92 530 1411 > dom-qui 12h-16h, 19h-23h, sex-sáb até às 24h