Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Vinhos Mapa: Tesouros durienses

Comer e beber

Há um lugar escondido nos confins do Douro, onde se produzem vinhos de grande qualidade que importa descobrir. A opinião do crítico gastronómico da VISÃO Se7e, Manuel Gonçalves da Silva, sobre os vinhos Mapa

É uma história breve, mas cheia de encanto, a do casal Cristina e Pedro Garcias na produção de vinhos, em resultado de uma decisão súbita, mas firme, de comprarem uma pequena vinha no Douro. Ela, natural de Cerva, Ribeira de Pena, e ele, de Alijó, foram encontrar o objeto desse desejo num dia de primavera, em 1999, junto do rio Douro, na zona de Vila Nova de Foz Coa: uma pequena quinta de sete hectares, “linda de morrer”, recorda ele. Fizeram negócio nesse dia, mesmo sem dinheiro, que só angariaram com a junção das suas economias, a hipoteca do apartamento e a venda antecipada da produção de quatro anos à Ramos Pinto, empresa histórica de vinho do Porto. Anos depois, venderam essa quinta para comparem outra maior, em Muxagata, ainda em Foz Coa, mas num lugar mais alto e fresco, que já vai em 25 hectares de vinha.

Em 2009, dez anos depois do início da aventura, e já com três filhas, fizeram o primeiro vinho (Mapa), usando apenas castas nacionais e com ligação àquela terra. Entretanto, adquiriram a Quinta de São Bento, em Favaios, com adega tradicional. No ano passado, comercializaram 35 mil garrafas de brancos, tintos, rosés e vinho do Porto Vintage. Na colheita de 2017, a produção subiu aos 50 mil litros. E, além dos vinhos, produzem azeite virgem extra de olivais próprios em modo biológico, em Muxagata.

Os vinhos Mapa chegaram ao mercado e convenceram tanto os consumidores como a imprensa especializada, embora o próprio Pedro Garcias, que é jornalista e crítico de vinhos dos mais conceituados, não tenha publicado uma linha sobre eles… No seu perfil há traços de isenção e de rigor que passaram aos vinhos e que os enobrecem.

Mapa Branco 2016

Feito de uvas das castas Rabigato, Viosinho, Arinto e Gouveio com fermentação e estágio em inox, tem aspeto límpido, cor citrina, aroma jovem, frutado e floral, paladar equilibrado, seco, com fruta, acidez e álcool bem conjugados e final muito agradável. Óbvia vocação gastronómica, em especial com peixe e carnes brancas. €8,95

Mapa Vinha dos Pais Branco 2015

As uvas são das mesmas castas do Mapa branco: Rabigato, Viosinho, Arinto e Gouveio, mas com fermentação e estágio em barricas de carvalho francês durante 12 meses. Aspeto cristalino, cor brilhante entre limão e palha, aroma puro e rico a fruta madura e a flores com um toque mineral e algum tostado, paladar elegante marcado pela fruta, pela frescura e pela mineralidade; final distinto, com grande carácter. €19,95

Mapa Grande Reserva Tinto 2015

Quatro castas tradicionais do Douro, Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinto Cão e Sousão, num vinho de cor rubi profunda, aroma concentrado com muito boas notas de frutos pretos e vermelhos, toque floral, madeira bem integrada, paladar elegante e cheio com fruta madura, taninos muito finos, acidez e álcool no melhor equilíbrio, final elegante e longo. €47,50