Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

5 razões para não perder o festival Chocolate em Lisboa (além da gula, claro)

Comer e beber

Para os gulosos e apreciadores de chocolate, todos os caminhos vão dar à Praça do Campo Pequeno, a partir desta quinta-feira, 1. Tudo por causa d'O Chocolate em Lisboa, que ali levará, até domingo, 4, produtores, comerciantes, especialistas e mestres chocolateiros. Para não se perder na visita, aceite a orientação de Odete Estevão, presidente do Cacau Clube de Portugal e organizadora do festival que este ano chega à quinta edição

D.R.

A partir desta quinta-feira, 1, dentro da Praça do Campo Pequeno em Lisboa, viaja-se até ao Brasil, Peru e Madagáscar. Mas também se chega, à boleia do festival O Chocolate em Lisboa, ao Vietname, à Nicarágua e a São Tomé e Príncipe, principais países produtores de cacau do mundo. Para não se perder dentro desta arena, Odete Estevão, presidente do Cacau Clube de Portugal, seleciona os cinco momentos a não perder n’O Chocolate em Lisboa.

1. Concurso Chocolates da América Latina

Perto da hora de almoço desta quinta-feira, 1, os 14 concorrentes do Concurso Chocolates da América Latina vão entregar, no recinto da Praça do Campo Pequeno, as três tabletes (com um mínimo de 100 gramas por peça) e as 40 unidades de bombons ou trufas, feitas com chocolate ou cacau da América Latina. Esta é a única exigência da competição que tem como missão premiar a excelência na elaboração dos produtos. "Escolhi os chocolates da América Latina por serem a base e a génese do cacau”, diz Odete Estevão, lembrando que também estes vão estar à prova no recinto, nos stands do Brasil, do Peru e da Venezuela, bem como da Nicarágua, Cuba, México ou Panamá, por exemplo. Depois, caberá ao júri – composto pelos chefes Fabien Nguyen, do Ritz Four Seasons Hotel Lisboa, Joaquim Sousa, da pastelaria Ladurée, Maria Urmal, da Associação Cozinheiros Profissionais de Portugal, Luís Jardim, do restaurante O Nobre, e o crítico gastronómico Fernando Melo – apreciar a sua apresentação, textura, qualidade dos ingredientes, entre outras categorias. Os três finalistas serão conhecidos às 17 e 15, numa cerimónia aberta a todos os visitantes. qui, 1 17h15

2. Workshop Chocolate de Origem no Brasil: Desafios e oportunidades

No sábado, 3, às 12 horas, o conhecido chefe de pastelaria brasileiro Lucas Corazza, formado pela École Nationale Supérieure de La Pátisserie e criador do projeto Chocólatras Solidário, vem ao Salão Nobre do Campo Pequeno, explicar os desafios e as oportunidades que os chocolates brasileiros, produzidos a partir de amêndoas de cacau por pequenos produtores, poderão vir a ter num futuro próximo. “A Baía, no Brasil, sempre foi o berço do cacau/chocolate. É nesta região que se produz e se cria”, salienta Odete Estevão. sáb, 3 12h > €10 (inclui a entrada n'O Chocolate em Lisboa)

Odete Estevão, presidente do Cacau Clube de Portugal, uma das organizadoras do festival O Chocolate em Lisboa

Odete Estevão, presidente do Cacau Clube de Portugal, uma das organizadoras do festival O Chocolate em Lisboa

Mário João

3. Workshop Os Celíacos e o Chocolate

A presidente do Cacau Clube de Portugal destaca também no sábado, 3, às 13 e 30, o workshop dedicado a celíacos. Para responder à dúvida se pode um celíaco comer chocolate, entre outras questões relacionadas com a dieta isenta de glúten, vai estar a nutricionista Rita Jorge, da Associação Portuguesa dos Celíacos. Para Odete Estevão, a resposta parece simples: “Se for um bom chocolate não tem glúten”. Mas deixa um aviso: “Há que ver os rótulos, antes de comprar ou ingerir”. sáb, 3, 13h30 > 10 (inclui a entrada n'O Chocolate em Lisboa)

4. Workshop Delícia de Chocolate com cremoso de morango

Neste workshop, a chefe Céu Carvalho, da Céu Chocolatier, convida pais e filhos (com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos) a pôr as mãos na massa. Uma aula prática, onde se vai aprender a fazer, com ajuda profissional, uma delícia de chocolate com cremoso de morango. Já no ano passado organizámos um curso para as famílias que esgotou num instante. Foi um sucesso, lembra a organizadora d'O Chocolate em Lisboa. Ao final de uma hora, os participantes, para seu consolo, podem degustar as criações acabadinhas de fazer. sáb, 3, 15h > €15 (pai e filho, inclui a entrada n'O Chocolate em Lisboa)

Francisco Siopa, chefe executivo de pastelaria do Penha Longa Resort, será o responsável pelo encerramento do festival O Chocolate em Lisboa

Francisco Siopa, chefe executivo de pastelaria do Penha Longa Resort, será o responsável pelo encerramento do festival O Chocolate em Lisboa

5. Choco Cooking Francisco Siopa, chefe executivo de pastelaria do Penha Longa

No domingo, 4, durante três horas, o chefe Francisco Siopa, chefe executivo de pastelaria do Penha Longa Resort, em Sintra, fará uma intervenção que se vai dividir em três momentos. Na primeira parte, com início às 18 horas, o chefe junta-se ao nutricionista João Lacerda para explicar os benefícios do chocolate, mostrando as diferenças entre um bom e um mau exemplo, e o que são chocolates vegan, entre outras questões. Segue-se a entrada da sua equipa de pastelaria do restaurante Lab by Sergi Arola para confecionarem uma sobremesa. A maratona terminará com a preparação de um Choco Martini, pelo barman da equipa de bar do Penha Longa, no qual será usado o novo chocolate Gold, da marca Callebaut. O Choco Cooking encerra oficialmente o festival O Chocolate em Lisboa. dom, 4, 18h-21h

Mas há mais para aprender durante os quatros dias que dura O Chocolate em Lisboa como, por exemplo, qual a percentagem ideal de cacau para fazer um bom chocolate (que se fixa entre os 64 e os 75%) ou que, “para ser considerado chocolate, tem que ter açúcar”, afirma Odete Estevão. Até domingo, 4, pode ainda assistir às choco cookings levadas a cabo por reconhecidos mestres chocolateiros e chefes de pastelaria, entre eles, Carlos Valente, do Hotel Vila Vita, Américo Santos, do Belcanto, Francisco Siopa, do Penha Longa Resort, e Tiago Bonito, do Casa da Calçada, todos restaurantes com Estrela Michelin. E espreitar os 75 stands, que ali estão a vender chocolates de todo o mundo.

D.R.

O Chocolate em Lisboa > Centro de Lazer Campo Pequeno, Lisboa > T. 21 799 8450 > 1-4 fev, qui-dom 10h30-21h30 > €4 e €2 (6-11 anos)