Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

A Janela: na cafetaria d' A Voz do Operário há força coletiva, amor e doçura

Comer e beber

A Voz do Operário, em Lisboa, tem uma nova cafetaria, com cookies, sumos de fruta e pratos quentes. Fomos conhecer A Janela

Numa das paredes d'A Janela, a artista Mariana, a Miserável pintou um mural que remete para a força coletiva

Numa das paredes d'A Janela, a artista Mariana, a Miserável pintou um mural que remete para a força coletiva

Mário João

Pela manhã ou pela tarde, a tosta de pera com queijo de cabra e as cookies de aveia, mel, amêndoa e coco ligam bem com a limonada de frutos silvestres ou o sumo de abacaxi e tomate. Há também brownies de amendoim, pastéis de nata e chá preto com menta e gengibre, em alternativa. É com estas iguarias doces e frutadas que se abre o apetite, na nova cafetaria A Janela, há um mês a funcionar no interior da centenária associação A Voz do Operário, no bairro da Graça, em Lisboa.

Enquanto se espera que o pedido chegue à mesa, há tempo para apreciar o mural que ocupa uma das paredes, da autoria de Mariana, a Miserável, e que representa um grupo de mulheres e homens a puxar para o mesmo lado, com uma corda, um gigantesco megafone. O desenho “remete para a força coletiva e a entreajuda que existe nesta associação”, explica Catarina Barreiros, uma das cozinheiras d’A Janela e uma das sócias, juntamente com Sérgio Loureiro e mais dois outros amigos. 
É essa, aliás, uma das máximas que põem em prática neste projeto.

Para criar a ementa, Catarina juntou “ingredientes” fundamentais: o amor pela comida, a experiência ganha nas cozinhas dos restaurantes por onde passou (Pedro e o Lobo, Duplex e Pharmácia), as memórias de família e as ideias da sua equipa. Resultado: pratos portugueses feitos com produtos locais e da época.

À hora de almoço serve-se massada de robalo, beringela recheada com migas de enchidos e bacalhau com ovo a baixa temperatura (€6,50 a €7), entre outras sugestões que mudam diariamente. Há ainda dois brunches, aos sábados e domingos, entre as 11 e as 17 horas. Boas ideias para quem quer fazer uma pausa num passeio pelo bonito e carismático bairro da Graça.

N'A Janela, há cookies, sumos de fruta e pratos quentes

N'A Janela, há cookies, sumos de fruta e pratos quentes

Mário João

A Janela > A Voz do Operário > R. da Voz do Operário, 3, Lisboa > T. 21 886 2155 > seg-sex 8h30-21h, sáb-dom 10h-19h