Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Há um novo Chá das Cinco para provar no Porto

Comer e beber

Ao gosto pela pastelaria de Sofia Lemos da Costa, juntou-se a perícia no café de Hugo Ferraz e, assim, surgiu um ateliê de experiências. O Chá das Cinco abriu portas na Praça da Alegria, no Porto

Hugo Ferraz e Sofia Lemos da Costa são as caras do Chá das Cinco

Hugo Ferraz e Sofia Lemos da Costa são as caras do Chá das Cinco

Lucilia Monteiro

Cheira tão bem quando se atravessa a porta que logo apetece experimentar os bolos que vemos ao balcão do Chá das Cinco, a nova cafetaria/confeitaria – que é muito mais do que isso – nascida em meados de agosto entre o Bonfim e as Fontainhas, no Porto. Perceberemos mais tarde que o próprio nome da rua, Praça da Alegria, tem tudo a ver com este projeto nascido de um blogue de culinária, criado há mais de três anos por Sofia Lemos da Costa “como terapia” para enfrentar um problema de saúde. Formada em design gráfico, sempre teve vontade que o blogue se transformasse numa loja física, mas foi só quando conheceu Hugo Ferraz, barista certificado em café de especialidade, que a ideia passou a ter pernas para andar. “Percebi que se a pastelaria de Sofia é tão boa, o café e o chá tinham que a acompanhar”, conta-nos, enquanto nos serve uma bebida encorpada, feita com grãos de El Salvador. Já os chás, vêm da Companhia Portugueza do Chá e as infusões da biológica Ervas da Zoé.

O cheirinho que sentimos à entrada talvez seja dos scones acabados de entrar no forno, ou do pão de banana feito logo de manhã (um dos best sellers), dos cupcakes de cenoura e caramelo ou, quem sabe, das bolachas com pepitas de chocolate. À exceção do pão e dos croissants, que no brunch de sábado e domingo (€8 a €14) chegam à mesa dentro de um saco de pano como antigamente, tudo é caseiro e feito à vista dos clientes. Como as panquecas servidas com mel e fruta, a torrada com manteiga de amendoim ou abacate, sementes de sésamo, ovo estrelado e rúcula, ou a “super gulosa” chunky monkey (tosta com manteiga de amendoim, banana e pepitas de chocolate).

“É a minha cozinha, um ateliê de experiências onde queremos que as pessoas se sintam em casa”, diz-nos Sofia, com o mesmo ar enternecedor que recebe cada uma das pessoas que aqui entra. E haja alegria – como o nome da Praça – porque, em dezembro, Sofia e Hugo serão pais do Benjamim.

No Chá das Cinco, tudo é caseiro e feito à vista dos clientes

No Chá das Cinco, tudo é caseiro e feito à vista dos clientes

Lucilia Monteiro

Chá das Cinco > Praça da Alegria, 63, Porto > T. 91 641 9826 > qua-sex 9h30-19h, sáb-dom, fer 10h-17h