Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Sítio Valverde: Uma cozinha de origens em Lisboa

Comer e beber

No Sítio Valverde, restaurante do Hotel Valverde, em Lisboa, há uma nova carta marcada pelos sabores tradicionais portugueses e a “mão” cabo-verdiana da chefe Carla Sousa

Carabineiro ao alhinho, salteado em azeite de Trás-os-Montes e alho, tosta de pão alentejano e juliana de aipo

Carabineiro ao alhinho, salteado em azeite de Trás-os-Montes e alho, tosta de pão alentejano e juliana de aipo

D.R.

Eu sou muito fiel aos nossos sabores. Para mim, a cozinha portuguesa é uma das melhores. Basta juntar alho e coentros e faz logo toda a diferença”, diz Carla Sousa, a chefe de cozinha do Sítio Valverde, que criou uma nova carta de jantar, conciliando a gastronomia nacional com alguns ingredientes e temperos de Cabo Verde, de onde veio aos cinco anos. Situado no Valverde Hotel, o restaurante divide-se entre uma sala acolhedora e um pátio interior, fresco e tranquilo.

É com a base simples da cozinha tradicional e o seu toque pessoal que confeciona o carabineiro ao alhinho, salteado em azeite de Trás-os-Montes e alho, tosta de pão alentejano e juliana de aipo (€18); a tempura de polvo, que é apresentada com arroz malandro de berbigão e tomate seco (€19); e o robalo de mar, servido com açorda de pão alentejano e coentros e um molho de vieiras à Bulhão Pato. O Brás de bacalhau (€14), tipicamente português, é feito aqui com batata-doce. “É um ingrediente rico que adoro trabalhar, existe em abundância em Cabo Verde e é mais saudável”, explica Carla Sousa.

Entre as novidades do menu, há também sugestões de carne, como o hambúrguer de novilho com ovo crocante (pela primeira vez na carta de jantar), o leitão confitado com vinho Madeira (feito com barriga de leitão, que é mais suave, confitada durante cinco horas com uma marinada de mel, mostarda, pimenta e especiarias, €19), e o entrecôte grelhado, cujo segredo é a carne argentina temperada apenas com flor de sal. A acompanhar, o novo puré de abóbora da ementa ou as famosas chips Valverde, de batata-doce, vitelotte e agria, temperadas com especiarias e um bocadinho picantes, um best-seller da casa.

Para terminar a refeição, Carla Sousa sugere texturas de chocolate com sorbet de tangerina, uma sobremesa rica, cuja ganache de xocopili (bolinhas de chocolate incorporadas com vários tipos de especiarias) é servida à mesa, num momento de puro prazer.

D.R.

Sítio Valverde > Valverde Hotel > Av. da Liberdade, 164, Lisboa > T. 21 094 0302 > seg-dom 12h30-15h, 19h30-22h30