Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

O novo brunch da Miss Pavlova ganhou estatuto de ‘Mister’

Comer e beber

Da Miss Pavlova, negócio criado por Ana Maio, há quatro anos, acaba de nascer o Mr. Brunch, com sugestões apetecíveis para provar a qualquer hora do dia na Baixa do Porto

O novo brunch na Miss Pavlova é servido todos os dias, a qualquer hora, e à escolha do cliente

O novo brunch na Miss Pavlova é servido todos os dias, a qualquer hora, e à escolha do cliente

Lucilia Monteiro

Conhecerá, com certeza, o ditado popular “comer com os olhos”. É que, no caso do Mr. Brunch, de que lhe iremos falar a seguir, a expressão é, de facto, para ser levada à letra, de tão belos e coloridos são os pratos que nos chegam à mesa. O mais recente serviço de brunch do Porto tem nome de senhor, porém, nasceu da cabeça da “senhorita” Ana Maio, a criadora da Miss Pavlova.

Há muito que Ana Maio, 31 anos, desejava aumentar a oferta da cafetaria situada no interior da loja Almada 13, na Baixa do Porto, onde as pavlovas são (e serão) rainhas e senhoras. Daí que a carta do Mr. Brunch disponibilize uma oferta variada, não só a pensar em quem deseje tomar um pequeno-almoço tardio, como para quem queira fazer uma refeição de partilha a qualquer hora do dia.

Nas opções Dip & Share (a partir €2,50), há falafel com molho de iogurte e hortelã, tostas de pão rústico para molhar em tomatada, chips de batata-doce que podem ser levadas à boca com guacamole, ou foccacia para embeber em azeite. As propostas com ovos são variadas, mas destaquem-se os Royale (€6,50), com salmão curado na casa, ovos escalfados e molho holandês servidos em pão english muffin, ou os ovos no forno que chegam à mesa numa sertã (€7), com tomatada de espinafres e tostas de pão rústico. Além de duas opções de saladas, a falafel e halloumi (€9 a €11), encontra as bruschettas toscana, abacate, salmão ou de queijo grelhado halloumi – que, no meu caso, substituem um almoço.

Ana Maio, a designer gráfica que se tornou empreendedora com a criação da marca Miss Pavlova, é a criadora da carta

Ana Maio, a designer gráfica que se tornou empreendedora com a criação da marca Miss Pavlova, é a criadora da carta

Lucilia Monteiro

Quem prefira opções mais ligeiras, poderá optar pela taça de iogurte (a partir €3,80) – caseiro, convém reforçar – e que pode levar os mesmos ingredientes da pavlova exótica como o curd de maracujá (receita própria de Ana Maio), frutos silvestres, sementes de papoilas e merengue. Além de duas opções de smoothie bowls – chocolate e manteiga de amendoim (€5) ou silvestre (€5,50) – há sopa para reconfortar os dias mais frios que se avizinham.

Ora, brunch não seria brunch sem panquecas, e, neste caso, além da tradicional, prove-se a exótica onde é incluído gelado artesanal de curd de maracujá. Uma (ou duas, ou três) fatia de pavlova será o remate final – se ainda tiver estômago para tal. Bastará optar entre as best sellers da casa, a floresta negra e exótica, ou as mais recentes, de lima, maltesers ou oreo. “São pratos com ingredientes frescos e, ao mesmo tempo, bonitos e feitos com amor”, resume Ana Maio. Nem precisaríamos que ela nos dissesse, basta olhar para eles e saboreá-los sentados na sala ou no acolhedor jardim interior.

Toda a carta foi pensada por esta designer gráfica apaixonada por pastelaria e cozinha e que, há quatro anos, quando estava desempregada, deu a conhecer as pavlovas aos portugueses ao criar um negócio à volta deste doce com o nome da bailarina russa Anna Pavlova. “O Mr. Brunch é como uma espécie de casamento com a Miss Pavlova”, diz-nos, entre risos. E, nós, só desejamos felicidade aos “noivos”.

Miss Pavlova > R. do Almada, 13, Porto > T. 91 597 9517 > ter-sáb 10h-19h, dom 13h-19h