Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Restaurante Otto, em Lisboa: Tudo feito num oito

Comer e beber

São oito entradas, oito pratos principais, oito pizzas clássicas, oito pizzas de autor, oito sobremesas, oito vinhos. Inaugurou no dia oito e fica na loja oito do Edifício 8, na Praça Dom Luís I, perto do Cais do Sodré – sim, no novo restaurante Otto não há coincidências

Filipe Vera-Cruz

Antes de se mencionarem as coincidências do novo restaurante Otto, no Cais do Sodré, há que falar da burrata com salada de tomate cereja (€12,50), uma das entradas da ementa baseada na cozinha italiana. É comprada na região de Molise, na província de Campobasso, chega cá de dois em dois dias. E não é o único ingrediente vindo diretamente de Itália a aterrar em Lisboa. Agora que o estômago está distraído, passamos a explicar as casualidades em torno do nome do restaurante (oito, em italiano). Em todas as categorias da lista, há oito opções à escolha. “Requereu criatividade e dedicação, porque não quisemos deixar nenhum pormenor ao acaso. Foi uma escolha criteriosa desde os antipasti às pizzas clássicas e especiais, passando pelos primi (pratos principais) e pelas sobremesas. E até na escolha das bebidas, tentámos encontrar um equilíbrio entre variedade e qualidade”, diz Joana Alves, responsável de marketing do Grupo Doca de Santo, proprietário do Otto. Mas há mais curiosidades relacionadas com este número: o dia em que abriu as portas (8 de junho) e o local onde se encontra (na loja 8, do Edifício 8 Building, junto ao Mercado da Ribeira).

A maioria dos produtos do Otto são importados de Itália: a burrata, o arroz risota, a burretina, os vinhos, a tinta de choco, o fruto de alcaparra, o ventricina, a farinha 00 bem como os diferentes queijos

A maioria dos produtos do Otto são importados de Itália: a burrata, o arroz risota, a burretina, os vinhos, a tinta de choco, o fruto de alcaparra, o ventricina, a farinha 00 bem como os diferentes queijos

Filipe Vera-Cruz

Da lista, com opções para vários gostos, destacam-se o pulpo alla mediterranea (€13,50), um polvo feito no forno em azeite de alho e manjericão com puré de batata doce, e o risotto al nero di Sepia (€13,50), ambos confecionados pela chefe Melanie Kidds Immig. As pizzas no forno a lenha, de massa fina e crocante, são igualmente uma boa sugestão: seja uma clássica margherita (€12,5), com molho de tomate, mozzarella di Bufala DOP e manjericão, seja uma especial verdure grigliate, acciughe e pesto (€15,50), com legumes grelhados, anchovas e pesto. Para terminar a refeição com um gostinho italiano, nada melhor do que provar- -se o tiramisu (€5) ou a piadina dolce (€5), com chocolate e avelã ou um dos sabores dos gelados tradicionais (morango, chocolate amargo, tangerina...).

Filipe Vera-Cruz

Otto > Edifício 8, loja 8 > Pç. Dom Luís I, Lisboa > T. 21 049 9710 > dom-qui 12h30-24h, sex-sáb até 1h