Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Caves do Solar de São Domingos: 80 anos de vinhos

Comer e beber

Na Região Demarcada da Bairrada, a Caves do Solar de São Domingos, em Anadia, é uma referência com espumantes de reconhecida categoria e brancos que vão dar que falar. A opinião do crítico gastronómico da VISÃO Se7e, Manuel Gonçalves da Silva

Foi em 1937 que Elpídio Martins Semedo mandou abrir galerias no subsolo rochoso da aldeia de Ferreiros, freguesia da Moita, concelho de Anadia, onde nasceu, para estagiar espumante nas condições consideradas ideais, à temperatura constante de 120C. Daí resultou a fundação das Caves do Solar de São Domingos, que tiveram um papel importante no desenvolvimento vitivinícola da Região Demarcada da Bairrada, a que pertencem. Mais tarde, em 1970, sob a direção de Lopo de Sousa Freitas, a empresa conheceu novo impulso e os seus espumantes ganharam notoriedade nacional e internacional, que se revela em quatro marcas: São Domingos (Seco, Meio-Seco, Doce, Reserva Meio-Seco, Extra Reserva Bruto, Baga Bairrada Branco, Baga Bairrada Rosé, Tinto Bruto Bairrada, Blanc de Blancs Bruto Bairrada, Elpídio Bruto Bairrada, Cuvée Bruto Bairrada e Velha Reserva Bruto Bairrada); Elpídio 80 Bairrada; Lopo de Freitas Bruto Bairrada, e Quinta de S. Lourenço Bruto Bairrada.

Além dos espumantes, as Caves Solar de São Domingos são conhecidas pelas aguardentes velhas, pelas aguardentes bagaceiras como a São Domingos, que é líder do mercado, e, também, pelos vinhos da Bairrada e do Dão. Tem um centro de vinificação moderno, inaugurado em 2006, que recebe a totalidade das uvas das propriedades da empresa, com 20 hectares, e dos viticultores que trabalham para ela em exclusivo, com mais de 100 hectares. A produção de vinhos brancos de alto nível é uma das grandes apostas da equipa de enologia das Caves São Domingos, liderara por Susana Pinho. Apresentamos um espumante e dois brancos que acabam de chegar ao mercado (tal como o espumante Elpídio 80, comemorativo dos 80 anos das Caves Solar de São Domingos, já aqui retratado)

São Domingos Branco Bairrada D.O.C. 2016
Uvas das castas Maria Gomes (80%) e Bical (20%), bonita cor citrina, aroma elegante e fresco, boas notas florais e frutadas e um toque mineral, paladar suave, equilibrado e saboroso. Servir bem fresco, abaixo de 100C. Especialmente apto para acompanhar peixe. €3,50

Volúpia Branco Bairrada D.O.C. 2016
Insinuante, com a riqueza aromática da casta Sauvignon Blanc, delicadas notas florais das castas Chardonnay e Maria Gomes, e acentuada mineralidade; paladar cheio e macio com grande frescura; final elegante. Servir a temperatura próxima de 100C com entradas, peixes e queijos de pasta dura. €5,45

São Domingos Espumante Baga Bairrada 2012
Blanc de noir da casta Baga com aspeto brilhante e bolha finíssima; aroma muito atraente com delicadas notas florais, frutadas e minerais; paladar elegante com “mousse” cremosa, frescura e volume; final impositivo. Servir a 60C a 80C. Muito gastronómico. €8,50