Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Aquário Marisqueira de Espinho: Vista e sabor a mar

Comer e beber

Localização privilegiada, espaço atraente, produtos de qualidade, sobretudo peixes e mariscos, e serviço à altura. A opinião do crítico gastronómico da VISÃO Se7e, Manuel Gonçalves da Silva, sobre o restaurante Aquário Marisqueira de Espinho

À esplanada, protegida da nortada e com vista para o mar, chegam as sugestões da ementa, extensa e rica, sobretudo de peixes e mariscos

À esplanada, protegida da nortada e com vista para o mar, chegam as sugestões da ementa, extensa e rica, sobretudo de peixes e mariscos

Lucilia Monteiro

Instalado na marginal, junto do Casino, diante do mar, o restaurante Aquário Marisqueira de Espinho conta 64 anos de história, ao longo dos quais conheceu mudanças que lhe permitiram estar sempre atualizado, tanto no conforto como na gastronomia e no serviço. A última remodelação trouxe elegância à sala principal com as paredes brancas e os candeeiros e apliques castanhos, da mesma cor das toalhas de baixo, sendo brancas as de cima. Tem outra sala mais pequena e esplanada, convenientemente protegida da nortada e com vista para o mar. Veem-se, à entrada, o aquário e a vitrina do peixe, mas em tamanho mais reduzido, para facilitar o acesso. É um lugar de encontros familiares e de amigos, onde se está e se come bem.

A ementa é extensa e rica, sobretudo de peixes e mariscos que dão nas vistas, logo à entrada, com a sua variedade, qualidade e frescura. Em regra, a refeição começa com mariscos: amêijoas, das legítimas, à Bulhão Pato ou à espanhola, camarões da costa, quando o mar os dá, perceves e muitos outros (em dia de maior apetite sugere-se o “pack” para duas pessoas com sapateira recheada, amêijoas à Bulhão Pato e camarão médio e gigante que custa € 66 euros). Há outras opções interessantes, eventualmente complementares, como o presunto “pata negra”, também muito bom.

Depois, vem o peixe: robalo, rodovalho, linguado, dourada, garoupa, pescada, salmão e peixe-espada raramente faltam e são sempre competentemente grelhados, a merecerem nota alta. Alguns podem ser cozidos, fritos ou assados no forno, a pedido. Mas o prato mais emblemático é outro: arroz de marisco, bem temperado e bem composto com mexilhão, amêijoas e gambas. O arroz de tamboril e o arroz de robalo também são boas opções.

E convém ter em conta os pratos com dia certo, que são: bacalhau à Gomes de Sá, segunda-feira; arroz de frango de cabidela, quinta; pataniscas de bacalhau e arroz de pato, sexta; filetes de polvo com arroz do mesmo, rojões à lavrador e tripas à moda do Porto, sábado; bacalhau à Aquário (frito e gratinado com cebola, maionese e puré de batata), cabrito assado no forno, vitela à moda de Lafões e, no inverno, cozido à portuguesa, domingo.

Boa doçaria com aquele toque caseiro que também caracteriza a cozinha. Garrafeira bem fornecida com meia dúzia de vinhos (branco, tinto, verde e rosé) a copo. Serviço eficiente e simpático.

Lucília Monteiro

Aquário Marisqueira de Espinho > R. 4, 540, Esplanada do Mar, Espinho > T. 22 732 1000 > seg-dom 12h-14h, 19h-24h > €25 (preço médio)