Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Skreifest: O bacalhau fresco dos mares da Noruega chega à mesa de Lisboa e, agora, também do Porto

Comer e beber

A festa do skrei, que nos dá a provar o bacalhau fresco, pescado nos mares da Noruega, está a chegar a 47 restaurantes de Lisboa e também no Porto, cidade onde se realizará pela primeira vez. Os apreciadores que se apressem, só poderão prová-lo até abril

O arroz com barriga de skrei será servido pelo chefe Rui Martins no Heritage Bistro & Bar, no Porto

O arroz com barriga de skrei será servido pelo chefe Rui Martins no Heritage Bistro & Bar, no Porto

Lucília Monteiro

Na semana passada, em pleno mar da Noruega, Rui Martins, chefe cozinheiro do ano 2016, responsável pelos restaurantes RIB Beef & Wine e pelo novíssimo Heritage Bistrô e Bar, no Porto, pescou seis grandes skreis e cozinhou-os de uma maneira que surpreendeu a pequena vila piscatória de Senjahopen, na Noruega. “Usei o que eles não estão habituados a cozinhar do skrei: as ovas, as bochechas, as línguas e o fígado”, conta-nos, durante o arranque da Festa Skrei, no Porto, onde, pela primeira vez, o bacalhau fresco pescado na Noruega, sobretudo nas Ilhas Lofoten, será servido em 22 restaurantes, a somar aos 25 em Lisboa, que já recebe a iniciativa desde 2015. Em Senjahopen, Rui Martins cozinhou ceviche com skrei e vieiras, paté de fígado de bacalhau, sopa de línguas e bochechas e, revela-nos Johnny Thomassen, representante da Norge (Conselho Norueguês das Pescas) em Portugal, “os pescadores disseram que foi a melhor refeição que tinham comido”.

Já no Heritage Bistro & Bar, inserido do hotel Pestana Vintage Porto, um dos restaurantes onde, até abril, poderá provar o bacalhau do Ártico – o skrei só está disponível entre fevereiro e abril, no período da desova –, o chefe cozinheiro do ano servirá um arroz com algas, barriga de skrei e tikka masala, cozinhado com um caldo feito com as espinhas do bacalhau para “apurar os sabores”.

A conserva de bacalhau é um dos pratos de skrei disponível no restaurante A Cozinha, em Guimarães, onde será ainda servido lombo de bacalhau com migas

A conserva de bacalhau é um dos pratos de skrei disponível no restaurante A Cozinha, em Guimarães, onde será ainda servido lombo de bacalhau com migas

Lucília Monteiro

A festa do skrei será, este ano, a maior de sempre, alargando-se a cerca de 50 restaurantes de Lisboa e da região do Porto. Em Guimarães, por exemplo, no seu restaurante A Cozinha, o chefe António Loureiro, servirá, como entrada, uma conserva de bacalhau “com uma cura de sal e ligeiramente defumado” à qual junta alho, cebola, azeitona, tomate e azeite que dá ao prato “uma dinâmica mais apelativa”, conta. No restaurante que abriu, no ano passado, em Guimarães, António Loureiro servirá ainda um lombo de bacalhau skrei com migas soltas com couve, broa de milho e enchidos transmontanos, acompanhado por um puré de couve-flor. “A Noruega tem comido skrei há mil anos”, lembra Johnny Thomassen. Nos próximos dois meses poderá, pois, saboreá-lo tal e qual "como os Vikings o comiam: sempre fresco”, compara.

Restaurantes em Lisboa e Porto com a festa do skrei

LISBOA

9 Ilhas; A Carpacceria; A Sociedade; Asian Lab; Azenhas do Mar; Bastardo; B'Entrevinhos; Casa de Linhares; Gioia; Locco; Mercado da Ribeira – Alexandre Silva; Mercado da Ribeira – Marlene Vieira; Mercado da Ribeira – Miguel Castro e Silva; Mercado da Ribeira – Sea me; Nobre Estoril; Nobre Lisboa; Peixaria da Esquina; Rabo d’pêxe; Restaurante Chefe Cordeiro; Sea me – Camões; Soul Sushi; Taberna 1300; Taberna da Rua das Flores; Tartar-ia; Tasca de Esquina

PORTO & NORTE

A Cozinha; Achas; Antiquvm; Aquário Marisqueira D' Espinho; BH Foz; Buri – restaurante Japonês; Casa Aleixo; Dourum; Euskalduna; Flow; Heritage Bistro & Bar; O Gaveto; Ode; Palco - Hotel Teatro; Praia da Luz; Puro 4050; Restaurante Alcaide; Restaurante EL DORADO; Restaurante Parque D' Aguda; Sumo Cais; The Blini; Wish Restaurante & Sushi

Skreifest > até final de abril