Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Uma viagem pelo Japão no restaurante Midori

Comer e beber

Descubra a nova ementa de inverno que começa a ser servida esta terça-feira, 9, no restaurante Midori, no Penha Longa Hotel, em Sintra: produtos nacionais cozinhados com técnicas nipónicas

É por um caminho rodeado de árvores com a Serra de Sintra em fundo que se chega ao restaurante Midori, no Penha Longa Hotel, em Sintra. Com o pretexto de conhecer a nova carta de inverno criada pelo chefe de cozinha Pedro Almeida,disponível a partir desta terça, 9, (re)visitámos o restaurante especializado em cozinha japonesa com influências do mundo, que aposta num ambiente sofisticado baseado nos elementos da terra, como a madeira e a corda, e sempre com a cozinha aberta à curiosidade de quem ali janta.

Durante a refeição foram servidos, exclusivamente, pratos quentes preparados na grelha teppan: “Para se tirar a ideia que a cozinha japonesa só serve sushi e sashimi, o que está completamente errado”, diz Pedro Almeida, antigo aluno do chefe Paulo Morais, especialista em cozinha oriental.

Uma das sugestões que se destaca nos peixes é o bacalhau negro marinado em goma tare com sukiyaki de feijão azuki: “É mais suculento do que o nosso bacalhau porque tem mais goma”, esclarece. Mas há mais para saborear, como o camarão com mil folhas de abóbora com queijo burrata e crumble de frutos secos, entre outras apostas.

“Temos uma grande seleção de peixes comprados em Portugal, com exceção do bacalhau e do salmão. A nossa carta oferece, diariamente, oito a nove variedades de peixes e mariscos”, acrescenta. No que à carne diz respeito, a barriga de leitão cozinhada em soja e gengibre com mostarda japonesa e miso, acompanhada por batata crocante, é um bom exemplo da confeção de um produto nacional com uma técnica japonesa, explica o chefe de cozinha. Ainda nos pratos grelhados, aconselha-se o arroz salteado com chistorra e maçã, panado de porco preto, molho tesuyo e kimizu trufado, por exemplo.

Na ementa, existem outras opções a ter em conta. Nas entradas, a gyoza de lavagante, nas massas, o Ramen de cachaço de porco preto com chutney de cebola, e ainda várias opções de sashimi, nigiris e makimotos. Para acompanhar com uma das 40 referências de saké, versão simples ou numa sangria. Para sobremesa, sugere-se uma mousse de amendoim com frutos vermelhos e sorbet de cereja e yuzo.

Os dois menus de degustação só ficam disponíveis a partir de março, mas, até lá, aproveite-se o buffet de quentes e frios, disponível todos os sábados (€57, sem bebidas).

Se não se consegue adaptar aos pauzinhos, aceite o conselho de Pedro Almeida: “Vejo alguns clientes a fazer um esforço titânico para comer com pauzinhos. Não vale a pena. Vamos ter sempre talheres. A ideia é que se coma com as mãos, talheres ou com os pauzinhos. Não há preconceitos”, remata.

Midori > Penha Longa Hotel > Estr. da Lagoa, Sintra > T. 21 924 9011 > ter-dom 19h-23h