Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Cascais Jazz Club

Visão Se7e

  • 333

O Cascais Jazz Club abriu portas, há dois anos, numa iniciativa da cantora e programadora Maria Viana

Quarto Cortadoria Nacional de Pelo.
1 / 5

Quarto Cortadoria Nacional de Pelo.

Quarto FEPSA.
2 / 5

Quarto FEPSA.

Quarto Heliotêxtil
3 / 5

Quarto Heliotêxtil

Quarto Helsar.
4 / 5

Quarto Helsar.

Quarto Museu de Chapelaria.
5 / 5

Quarto Museu de Chapelaria.

"A ideia inicial era abrir um bar de música ao vivo, mas depois decidimos avançar para um clube sem fins lucrativos, com o objetivo de promover e divulgar o jazz", explica Maria Viana por telefone, desde Itália, onde está em digressão.

"A Maria é a alma do clube", sublinha António Salgueiro, outro dos membros da direção. "É ela quem trata da programação e define os critérios musicais", essencialmente centrados no chamado jazz clássico.

As quintas-feiras são as noites da jam session, quando por lá se juntam diversos músicos da cena jazzística nacional, para um espetáculo improvisado. "Temos um espírito muito aberto, como o do próprio jazz, e por isso o clube tornou-se num ponto de passagem obrigatório para muitos músicos.

É um conceito parecido ao das casas de fados, as pessoas vêm pela música", salienta António. Entretanto, na sala, ouvem-se os primeiros acordes do clássico "(I Love You) For Sentimental Reasons", um tema popularizado por nomes como Dexter Gordon, Django Reinhardt e Ella Fitzgerald.

"Olha, o George Esteves da Silva já chegou", reconhece de imediato António, já de olhos fechados, a bater o pé e a estalar os dedos. "Ninguém toca isto como ele".

CASCAIS JAZZ CLUB Lg. Cidade Vitória, 36 Cascais T. 93 334 5167 / 96 277 3470 www.facebook.com/cascaisjazzclub Concertos de quinta a sábado (entrada reservada a sócios e proponentes a sócios, mediante um donativo de ¤10)