Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Bebidas para celebrar o (ainda) Verão

Visão Se7e

  • 333

Da ginjinha tradicional ao cocktail mais elaborado, oito bebidas para, no regresso a Lisboa, se refrescar por fora e por dentro também

Cocktail - Chama-se Red Hot Guava e é o mais pedido no bar do restaurante Bistro 100 Maneiras, do chefe Ljubomir Stanisic. Custa €11.
1 / 20

Cocktail - Chama-se Red Hot Guava e é o mais pedido no bar do restaurante Bistro 100 Maneiras, do chefe Ljubomir Stanisic. Custa €11.

Cocktail - É fruto do talento de Jorge Camilo, chefe do bar do restaurante.
2 / 20

Cocktail - É fruto do talento de Jorge Camilo, chefe do bar do restaurante.

Cocktail - A goiaba é a rainha dos sabores, mas a lista dos restantes ingredientes é extensa: malagueta, folha de caril, ananás, puré de goiaba, gin, sumo de limão e um shot de açúcar (feito com gengibre, lemongrass, estrela de anis, canela, alecrim e rum).
3 / 20

Cocktail - A goiaba é a rainha dos sabores, mas a lista dos restantes ingredientes é extensa: malagueta, folha de caril, ananás, puré de goiaba, gin, sumo de limão e um shot de açúcar (feito com gengibre, lemongrass, estrela de anis, canela, alecrim e rum).

Cocktail - O Red Hot Guava já ganhou o concurso de cocktails Gin Mare a nível nacional.
4 / 20

Cocktail - O Red Hot Guava já ganhou o concurso de cocktails Gin Mare a nível nacional.

BISTRO 100 MANEIRAS - Lg. da Trindade, 9, Chiado; T. 91 030 7575; Seg-Sáb 18h-2h.
5 / 20

BISTRO 100 MANEIRAS - Lg. da Trindade, 9, Chiado; T. 91 030 7575; Seg-Sáb 18h-2h.

Rosé - Escolhemos um copo de Quinta da Alorna (€3,50) mas, na lista, da responsabilidade do proprietário, jornalista e crítico João Paulo Martins, há mais de 300 referências, nacionais e estrangeiras.
6 / 20

Rosé - Escolhemos um copo de Quinta da Alorna (€3,50) mas, na lista, da responsabilidade do proprietário, jornalista e crítico João Paulo Martins, há mais de 300 referências, nacionais e estrangeiras.

CHAFARIZ DO VINHO - R. da Mãe de Água à Praça da Alegria; T. 21 342 2079; Ter-Dom 18h-2h.
7 / 20

CHAFARIZ DO VINHO - R. da Mãe de Água à Praça da Alegria; T. 21 342 2079; Ter-Dom 18h-2h.

Long Drink - No cimo do nono andar do Hotel Mundial, uma das melhores vistas da cidade deve ser acompanhada...
8 / 20

Long Drink - No cimo do nono andar do Hotel Mundial, uma das melhores vistas da cidade deve ser acompanhada...

Long Drink - Rooftop tem o mesmo nome do bar e é feito à base de gin, blue Curaçau, pepino e uvas. Custa €8,90.
9 / 20

Long Drink - Rooftop tem o mesmo nome do bar e é feito à base de gin, blue Curaçau, pepino e uvas. Custa €8,90.

ROOFTOP, HOTEL MUNDIAL - Pç. Martim Moniz, 2, 9.º; T. 21 884 2000; Seg-Dom 18h30-00h30.
10 / 20

ROOFTOP, HOTEL MUNDIAL - Pç. Martim Moniz, 2, 9.º; T. 21 884 2000; Seg-Dom 18h30-00h30.

Gin Tónico - O Lisbonita Gin Bar oferece mais de 70 referências (e 12 de águas tónicas), que podem (e devem) acompanhar a refeição. Os preços variam entre os €8 e os €16. TABERNA MODERNA - R. dos Bacalhoeiros, 18A-B; T. 21 886 5039; Ter-Sáb 13h-15h, 20h-24h; Sex-Sáb até 2h (bar).
11 / 20

Gin Tónico - O Lisbonita Gin Bar oferece mais de 70 referências (e 12 de águas tónicas), que podem (e devem) acompanhar a refeição. Os preços variam entre os €8 e os €16. TABERNA MODERNA - R. dos Bacalhoeiros, 18A-B; T. 21 886 5039; Ter-Sáb 13h-15h, 20h-24h; Sex-Sáb até 2h (bar).

Sangria - Composta à base de espumante (Murganheira), frutos vermelhos, hortelã, açúcar, 7up, crointreao (licor de laranja) e xarope de frutos vermelhos. Custa €24 o jarro de litro.
12 / 20

Sangria - Composta à base de espumante (Murganheira), frutos vermelhos, hortelã, açúcar, 7up, crointreao (licor de laranja) e xarope de frutos vermelhos. Custa €24 o jarro de litro.

TERRAÇO - BA Bairro Alto Hotel, Pç. Luís de Camões, 2; T. 21 340 8288; Seg-Dom 12h-1h.
13 / 20

TERRAÇO - BA Bairro Alto Hotel, Pç. Luís de Camões, 2; T. 21 340 8288; Seg-Dom 12h-1h.

Limonada - Com hortelã, é servida num generoso copo, com gelo q.b., o açúcar vem à parte para a mesa para que o freguês adoce o seu refresco a gosto. CUsta €1,30.
14 / 20

Limonada - Com hortelã, é servida num generoso copo, com gelo q.b., o açúcar vem à parte para a mesa para que o freguês adoce o seu refresco a gosto. CUsta €1,30.

SÉTIMO ESPLANADA E CAFÉ - Av. Sidónio Pais, 1; T. 21 352 2036; Seg-Dom 10h-20h; Qui-Sáb 10h-24h.
15 / 20

SÉTIMO ESPLANADA E CAFÉ - Av. Sidónio Pais, 1; T. 21 352 2036; Seg-Dom 10h-20h; Qui-Sáb 10h-24h.

Cocktails - Aqui têm nome de medicamento, como este " Psicoestimulante", que junta medronho e maracujá.
16 / 20

Cocktails - Aqui têm nome de medicamento, como este " Psicoestimulante", que junta medronho e maracujá.

Cocktails - O "Pharmácia" é feito com moscatel e ananás. Neste casa, cada um custa €6,50.
17 / 20

Cocktails - O "Pharmácia" é feito com moscatel e ananás. Neste casa, cada um custa €6,50.

"Omeoprazol" é feito à base de vinho do Porto e pera. PHARMÁCIA - Rua Marechal Saldanha, 1; T. 21 346 2146; Ter-Dom 11h-23h.
18 / 20

"Omeoprazol" é feito à base de vinho do Porto e pera. PHARMÁCIA - Rua Marechal Saldanha, 1; T. 21 346 2146; Ter-Dom 11h-23h.

Ginga - Para beber com o proprietário, António da Severa, que, desde 1976, dirige este negócio na Mouraria. Esta ginjinha tem a particularidade de, graças ao baixo teor de álcool (16% em vez de 23%), saber mesmo ao fruto. Custa €1 o copo e €10 a garrafa.
19 / 20

Ginga - Para beber com o proprietário, António da Severa, que, desde 1976, dirige este negócio na Mouraria. Esta ginjinha tem a particularidade de, graças ao baixo teor de álcool (16% em vez de 23%), saber mesmo ao fruto. Custa €1 o copo e €10 a garrafa.

CASA TÍPICA OS AMIGOS DA SEVERA - R. do Capelão, 32; T. 93 932 2477; Seg-Dom 6h-2h.
20 / 20

CASA TÍPICA OS AMIGOS DA SEVERA - R. do Capelão, 32; T. 93 932 2477; Seg-Dom 6h-2h.

Cocktail

Chama-se Red Hot Guava e é fruto do talento de Jorge Camilo, chefe do bar do restaurante Bistro 100 Maneiras. Feito para uma noite especial, dedicada à comida goesa, Jorge experimentou combinações diferentes durante uma semana até chegar à receita final deste cocktail, em que a goiaba é a rainha dos sabores. A restante lista de ingredientes é extensa: malagueta, folha de caril, ananás, puré de goiaba, gin, sumo de limão e um shot de açúcar (feito com gengibre, lemongrass, estrela de anis, canela, alecrim e rum). O Red Hot Guava já ganhou o concurso de cocktails Gin Mare a nível nacional (a final europeia está marcada para a próxima semana, 2 e 3 de setembro, em Ibiza) e tornou-se a mistura mais pedida no restaurante do chefe Ljubomir Stanisic. Mas só se provar vai saber porquê... BISTRO 100 MANEIRAS Lg. da Trindade, 9, Chiado T. 91 030 7575. Seg-Sáb 18h-2h

Rosé

Prepare-se para "enfrentar" uma ementa de vinhos com perto de 300 referências. Sim, são muitos, mas não precisa de entrar em pânico, porque os simpáticos funcionários da enoteca Chafariz do Vinho vão ajudá-lo a escolher um exemplar perfeito para si. Todos os vinhos nacionais e estrangeiros (dos Estados Unidos, Argentina, Chile, Austrália, Alemanha, Itália, Hungria, Espanha e França), de tintos, brancos, rosés, espumantes e champanhes, são selecionados por João Paulo Martins, proprietário, jornalista e crítico de vinhos. Desta vez escolhemos um rosé (Quinta da Alorna), por ser mais fresco e frutado, pode optar por beber a copo ou encomendar uma garrafa e acompanhar com os petiscos da casa. Um casamento perfeito, numas instalações bonitas e originais. CHAFARIZ DO VINHO R. da Mãe de Água à Praça da Alegria T. 21 342 2079. Ter-Dom 18h-2h

Long drink

No cimo do nono andar do Hotel Mundial, não é pela bebida que se começa a falar. Do Rooftop, assim se chama o bar localizado no último piso desta unidade hoteleira com quatro estrelas, consegue-se ter uma das melhores vistas da cidade e, só por este motivo, a visita já vale a pena. Já que lá está, sentado perante tal cenário, nada melhor do que fazer-se acompanhar de uma long drink, com o nome da casa, à base de gin, blue Curaçau, pepino e uvas. Uma combinação perfeita, para os finais de tarde. ROOFTOP, HOTEL MUNDIAL Pç. Martim Moniz, 2, 9.º T. 21 884 2000 Seg-Dom 18h30-00h30

Gin tónico

A Taberna Moderna abriu há 4 meses, com vontade de fazer algo diferente. Desta forma, apostou numa cozinha de partilha não são tapas nem petiscos, são mesmo pratos e reuniu à mesa a gastronomia portuguesa, espanhola e galega. Como complemento, abriram o espaço dedicado ao gin Lisbonita Gin Bar com mais de 70 referências (e 12 de águas tónicas), que podem (e devem) acompanhar a refeição. Quando chegar, escusa de pedir a carta, porque ela não existe, peça, isso sim, o serviço de consultoria, que funciona com uma simples conversa sobre o seu gosto pessoal. Em seguida, ser-lhe-á preparado o gin tónico e levado à mesa. Não faz por isso sentido perguntar quantas combinações existem neste espaço. Os preços variam entre os 8 e os €16. TABERNA MODERNA R. dos Bacalhoeiros, 18A-B T. 21 886 5039. Ter-Sáb 13h-15h, 20h-24h. Sex-Sáb até 2h (bar)

Sangria

Os 38 lugares sentados do terraço do último piso do Bairro Alto Hotel são muito concorridos. Mas vale a pena esperar cada minuto para que um deles fique disponível. A vista é soberba, o ambiente cosmopolita mistura clientes de várias nacionalidades, o sossego convida à leitura e a carta de petiscos e bebidas completam o cenário perfeito para beber uma sangria de frutos vermelhos composta à base de espumante (Murganheira), frutos vermelhos, hortelã, açúcar, 7up, crointreao (licor de laranja) e xarope de frutos vermelhos. TERRAÇO BA Bairro Alto Hotel, Pç. Luís de Camões, 2, T. 21 340 8288. Seg-Dom 12h-1h

Limonada

Como uma boa limonada. Na esplanada Sétimo, que ocupa a cobertura do edifício do Metro entre o verde do Parque Eduardo VI e a Avenida Fontes Pereira de Melo, a limonada com hortelã sabe mesmo bem e sacia a sede nestes dias de calor que esperamos se mantenham por setembro adentro. Servida num generoso copo, com gelo q.b., o açúcar vem à parte para a mesa para que o freguês adoce o seu refresco a gosto. SÉTIMO ESPLANADA E CAFÉ Av. Sidónio Pais, 1 T. 21 352 2036. Seg-Dom 10h-20h Qui-Sáb 10h-24h

Cocktail

Aqui os cocktails têm nome de medicamento. Ou não estivéssemos nós no Pharmácia, o restaurante que integra o edifício da Associação Nacional de Farmácias, junto ao Miradouro de Santa Catarina. Inspirados em bebidas portuguesas, misturam-se com frutas que lhes dá a frescura ideal para uma tarde na esplanada com vista para o rio ou para início de refeição no restaurante. Para curar as maleitas sugerem-se o Omeoprazol (à base de vinho do Porto e pera), o Psicoestimulante (que mistura medronho e maracujá), ou o Pharmácia (com moscatel e ananás). PHARMÁCIA Rua Marechal Saldanha, 1 T. 21 346 2146. Ter-Dom 11h-23h

Ginjinha

Uma taberna castiça onde não falta nada: ginjinha, vinho e cerveja, por vezes alguns petiscos e fadistas, para animar. É um daqueles espaços à antiga, decorado com fotografias de fadistas nas paredes e um proprietário carismático e brincalhão. Ao balcão, em lugar privilegiado, uma Nossa Senhora de Fátima, que abençoa a casa e os clientes. Um dos segredos da Ginjinha é António Pais, mais conhecido por António da Severa. É ele que, desde 1976, dirige este pequeno negócio e, sobretudo, é ele que continua a servir, com o entusiasmo de sempre, os clientes que o procuram na Mouraria. Esta ginjinha tem a particularidade de, graças ao baixo teor de álcool (16% em vez de 23%), saber mesmo ao fruto. CASA TÍPICA OS AMIGOS DA SEVERA R. do Capelão, 32 T. 93 932 2477. Seg-Dom 6h-2h