Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

A elegância da baga segundo Luís Pato

Visão Se7e

  • 333

A crónica semanal do especialista da VISÃO, José António Salvador

Luís Pato, o mais reconhecido dos produtores-engarrafadores da Bairrada, pioneiro na região, produziu um vinho não comercializado em homenagem a David Lopes Ramos, jornalista do Público falecido em 2011, que se distinguiu pelo seu carácter pessoal e rigor profissional exemplares.

 

 

Com este objetivo, Luís Pato produziu em 2011 um branco bairradino a partir da casta Cerceal, procurando desenhar um vinho ao gosto do amigo homenageado. Provado há dias em roda de amigos, revelou-se um excelente vinho branco que vai evoluir muito bem em garrafa durante mais de uma década.

Notícia difundida, vamos a duas colheitas de dois tintos já clássicos deste autor de vinhos:



Luís Pato Vinha Barrosa Regional Beiras 2010 ***** - €25

Surgiu melhor que na colheita anterior de 2009. Muito harmonioso e bem afinado, o que surpreende é a sua elegância obtida de uma casta difícil de "domesticar" como é a Baga.

 

 

Luís Pato Vinha Pan Regional Beiras 2009 ***** - €25

Quando o ano passado provei este tinto classifiquei-o como muito bom. Mais de um ano depois, graças à sua evolução em garrafa, este tinto está excecional, de uma harmonia invulgar a confirmar que a Baga bem recortada nos oferece grandes tintos.



Os preços de venda ao público indicados são os praticados à porta da adega.