Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Caras do Futuro - Miguel Pina Martins

VISÃO 20 anos

  • 333

Miguel Pina Martins é a escolha de Filipe de Botton. Transformou um projeto de faculdade numa empresa de brinquedos científicos. Com apenas cinco anos de vida, a Science4you já fatura 1,5 milhões de euros  

Manuel Pina Martins, 27 anos, empresário, fundador da Science4you, empresa que se dedica ao desenvolvimento e comercialização de brinquedos científicos. Já consquistou vários prémios, entre os quais o de Empreendedor do Ano, da Comissão Europeia, em 2010 

Estava longe de imaginar que um simples sorteio, no curso de Finanças, no ISCTE, iria mudar toda a sua vida. Na altura, conta Miguel Pina Martins, o papel que lhe saiu "na rifa" não podia ter sido pior: "kits de Física". "Foi uma desilusão quando saiu aquele tema, para o qual, eu e o meu grupo, teríamos de desenvolver um plano de negócios.

Era o pior dos temas sorteados. Que raio havíamos de fazer com kits de física?". Mas o que, para muitos, seria uma adversidade e causaria desmotivação, para o seu espírito empreendedor tornou-se num verdadeiro desafio. Desde a adolescência que o gestor aceitava riscos que não pareciam adaptados à sua idade. Oriundo do Seixal, entrou, ainda muito jovem, para a vida política, na JSD, e, aos 19 anos, foi eleito deputado à Assembleia Municipal.

Findo o curso, arranja emprego como trader num banco de investimento. Bastaram-lhe poucos meses para perceber que não era aquilo que queria fazer na vida. Em conversa com um colega que, entretanto, entrara numa empresa de capital de risco, apercebe--se de que existem fundos disponíveis para apoiar jovens empreendedores com novas ideias. Recupera o tema do sorteio da faculdade e, aos 23 anos, alarga a ideia e decide fundar uma empresa de brinquedos científicos. Desenvolve o projeto em parceira com a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e arranca com o negócio. Mas não se fica pelos brinquedos. Uma das áreas em que a empresa mais tem apostado é a da formação científica de jovens, através de cursos, campos de férias, festas, etc. "Mais de 90% das crianças que vão às ações de formação tornam-se fãs dos nossos brinquedos", esclarece.

No seu horizonte, já se encontrava a exportação, pois não é por acaso que dá um nome inglês à empresa: Science4you. Em 2009, entra em Espanha, numa parceria com a Universidade Autónoma de Madrid. Os seus produtos já são vendidos em Angola, Brasil, Grécia e Polónia (aqui, nos supermercados Biedronka, da Jerónimo Martins).

Mas Miguel Pina Martins quer ir mais longe.

Atualmente, está em contacto com a Universidade de Oxford, para que seja sua parceira de certificação dos brinquedos destinados aos mercados anglófonos. E, se tal for aceite, muitos mercados se abrirão à Science4you, um pouco por todo o mundo.

A escolha de Filipe de Botton - CEO da Logoplast

"A razão da escolha de uma empresa como a Science4You, fundada e gerida pelo Miguel Martins, é ser tudo o que representa uma empresa como esta para o futuro de Portugal. O Miguel e a sua equipa têm uma visão dinâmica, cosmopolita, são pessoas viajadas, que pensam no meio envolvente mais do que na própria empresa, e, com isso, têm uma visão de futuro, de desenvolvimento, de alerta permanente.

Estão sempre à frente, em termos de inovação, enquadrados no que são as tendências.

Percebem que se não estiverem em constante renovação, nunca vão conseguir ter sucesso. São um excelente exemplo para todos nós, empresas já estabelecidas, novas empresas e portugueses em geral."