Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Virgindade de jovem brasileira arrematada por 600 mil euros

Sociedade

  • 333

Terminou às 12 horas desta quarta-feira o leilão da virgindade da brasileira Catarina Migliorini. A licitação mais alta foi de 603 mil euros e foi feita por um japonês

Apesar do coro de indignação e acusações de imoralidade, o projeto "Virgins Wanted" levou mesmo adiante o leião da virgindade de dois jovens, que será depois transformado num documentário. Só nas últimas horas do leilão, foram feitas seis licitações por Catarina Migliorini, uma jovem brasileira de 20 anos, que passou dos 480 mil para os 603 mil euros em menos de uma hora, bem acima dos 2.300 euros oferecidos pela "primeira vez" de Alexander Stepanov, um russo residente em Sydney, 21 anos.

O leilão, que arrancou no passado dia 15 de setembro, tinha duração prevista de um mês, mas a organização decidiu prolongar o prazo por mais 10 dias.

A jovem deverá agora perder a sua virgindade a bordo de um avião, durante um voo que partirá da Austrália ou da Indonésia com destino aos Estados Unidos, por forma a não violar nenhuma lei nacional. As regras ditam que o uso de preservativo é obrigatório e que o "vencedor" não poderá beijar a jovem, nem "realizar nenhuma fantasia nem fetiche, nem usar nenhum brinquedo".

Neste último mês e meio, o dia a dia dos dois participantes tem sido filmado, assim como serão todos os preparativos para aquelas que deverão ser as suas primeiras relações sexuais (mas o ato, garantem, será com as câmaras desligadas...)

O vídeo de apresentação do leilão: