Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UE não importou produtos contaminados com bactéria potencialmente fatal

Sociedade

  • 333

A União Europeia (UE) anunciou esta segunda-feira que nenhum dos seus Estados membros importou da Nova Zelândia produtos lácteos contaminados com uma bactéria que pode causar botulismo

O facto de não terem chegado aos 28 Estados membros lotes do produto faz com que "não haja necessidade de tomar medidas de precaução de momento, ainda que a Comissão e as autoridades da Nova Zelândia se mantenham em contacto", disse hoje o porta-voz da UE Frédéric Vincent, citado pela agência de notícias EFE.

Os serviços da Comissão "trataram recentemente" o escândalo alimentar com as autoridades da Nova Zelândia, explicou.

A China pediu no fim de semana passado às empresas chinesas que importam produtos lácteos da empresa Fonterra, da Nova Zelândia, que os retirem imediatamente por estarem potencialmente contaminados.

Também as autoridades da Rússia, da China e da Tailândia ordenaram a retirada do mercado de leite em pó de origem neozelandesa.

A Fonterra, um dos maiores exportadores de produtos lácteos do mundo, pediu hoje em Pequim desculpa pela contaminação de alguns dos seus produtos.