Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Treinar... sozinho

Sociedade

  • 333
A ENTREVISTA DIVIDA POR TEMAS:

AS FOTOS:

Quem costuma acompanhá-lo nos campeonatos?

Neste momento viajo só com um cameraman, por opção. Deixei de viajar com o meu treinador há dois anos.

O José Seabra já não o acompanha? Deixou de ser seu treinador?

Decidimos parar. Apesar de estarmos juntos há cerca de 16 anos, chegou um momento em que o trabalho conjunto já não me permitia tirar todo o rendimento possível.Continuamos a trabalhar, mas numa outra ótica. Ele continua a ser o meu agente... funciona mais como um treinador de bancada (risos)...

Não tem nenhum treinador "de campo"?

Não.

Treina sozinho?

Sim.

E chega?

Sinto-me maduro o suficiente para perceber que não preciso de ninguém e que, se algo correr mal, posso recorrer ao meu psicólogo. De vez em quando conto com o Andy King, treinador da Red Bull [um dos patrocínios de Tiago Pires], pago pela empresa para acompanhar todos os surfistas patrocinados. Está presente em todas as provas do tour e sabe motivar muito bem os atletas. É uma pessoa importante para mim. Por vezes, sinto alguma desconfiança de momento e ele está ali, observa-me constantemente e é um excelente comunicador. Neste âmbito, sinto que estou bem acompanhado.