Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Telemóveis são o novo alvo de investigação no caso Maddie

Sociedade

  • 333

Os investigadores querem analisar os dados de cerca de 3 mil telemóveis usados na altura do desaparecimento da menina britânica, incluindo os de todos os que se encontravam então no aldeamento da Praia da Luz

A Scotland Yard acredita que a chave para descobrir o que aconteceu a Madeleine McCann em maio de 2007 pode estar nos registos dos telemóveis usados na altura do seu desaparecimento. Além dos dados de todos os que encontravam no aldeamento onde a menina britânica estava a passar férias com os pais e os dois irmãos gémeos, as autoridades estão a olhar também para os dados de milhares de telefones usados na zona, na altura.

Segundo Andy Redwood, que conduz a investigação, as autoridades estão a examinar uma 'quantidade substancial de dados' de telemóveis pertencentes a pessoas que estavam na Praia de Luz, nos dias imediatamente antes, durante e depois do desaparecimento de Madeleine.

Redwood admite, no entanto, que a polícia ainda não conseguiu atribuir um 'grande número' de registos aos proprietários, sobretudo porque muitos dizem respeito a cartões pré-pagos comprados há seis anos.

Esta não é a primeira vez que as autoridades analisam os registos telefónicos, mas ainda não tinha feito "em detalhe". 

O número de "pessoas de interesse" aumentou, entretanto, para 41.

Dentro de 10 dias, as autoridades farão um anúncio sobre a investigação do caso.