Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Site com relatos de vítimas de violação reúne mais de mil depoimentos num mês

Sociedade

  • 333

Reprodução

O site francês "Eu conheço um violador" foi lançado há pouco mais de um mês. Desde então, já recebeu mais de mil depoimentos de vítimas ou familiares

"O objetivo é mostrar que os violadores não são apenas marginais ou loucos que atacam em ruas sombrias ou estacionamentos escuros. Isso corresponde a uma minoria. Na maior parte dos casos, os violadores são familiares, namorados ou amigos", explicou à BBC a criadora do site "Je Connais un Violeur", que se identificou apenas como Pauline.

Com base em estatísticas de organismos ligados à proteção das mulheres, o site divulga que em 80% dos casos a vítima conhece o violador e que um terço das agressões sexuais são mesmo cometidas pelos maridos ou companheiros.

Segundo a criadora da página, vários dos mais de mil depoimentos, em que se contam também relatos de homens, são de vítimas que contam ali pela primeira vez os abusos que sofreram. "Outras comentaram com algumas pessoas, que não acreditaram ou minimizaram o problema", explica.