Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primeiros cheques-dentista chegam hoje a crianças

Sociedade

O primeiro-ministro e as ministras da Saúde e da Educação entregam, esta terça-feira, os primeiros cheques-dentista a alunos com sete, dez e 13 anos, uma medida que deverá abranger 200 mil crianças e custará 15,2 milhões de euros

visao.pt

José Sócrates, Ana Jorge e Maria de Lurdes Rodrigues estarão hoje, a partir das 11:00, na Escola Básica do 2º e 3º ciclos Nuno Gonçalves, em Lisboa, para assinalar o arranque da iniciativa, anunciada pela ministra da Saúde em Novembro, na Assembleia da República.

De acordo com o Ministério da Saúde, todas as crianças e jovens com sete, dez e 13 anos a frequentar a escola pública vão ter acesso gratuito ao tratamento de cáries dentárias. Depois de observados por um profissional de Saúde Oral num centro de saúde poderão receber dois a três cheques-dentista.

"Depois das grávidas seguidas no Serviço Nacional de Saúde e dos idosos beneficiários do Complemento Solidário do Idoso, esta medida vai abranger agora mais de 200 mil crianças, no âmbito do Programa Nacional de Saúde Oral", afirma o ministério da Saúde, em comunicado.

Fonte do gabinete de Ana Jorge acrescentou que o Programa Nacional de Saúde Oral representa um investimento total de 25,3 milhões de euros, dos quais 15,3 destinados a crianças e jovens, 6,5 milhões para grávidas e 3,6 milhões para idosos.

Em Novembro do ano passado, na Comissão Parlamentar de Orçamento e Finanças, a ministra lembrou que o número de cáries dentárias "tem vindo a diminuir substancialmente" graças ao trabalho que tem sido desenvolvido ao nível da prevenção.

Segundo a ministra, seriam abrangidas 190 mil crianças dos sete, dez e 13 anos, somando-se ainda mais 20 mil cheques-dentista a crianças de quatro e cinco anos.