Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Presos vão escrever livro de memórias

Sociedade

Os reclusos do Estabelecimento Prisional de Guimarães vão escrever um livro no âmbito de um projeto inserido na Capital Europeia da Cultura. O projeto foi concebido para assinalar os 150 anos da obra "Memórias do Cárcere", de Camilo Castelo Branco.

O projeto "Memórias do Cárcere" está a ser organizado pela Câmara Municipal de Famalicão e pela Casa de Camilo e vai permitir aos reclusos transpor para o papel memórias e experiências como presos. 

Os reclusos vão participar primeiro numa oficina de leitura e escrita relacionada com a obra de Camilo Castelo Branco e irão ter aulas de escrita criativa. Esta formação irá culminar na produção e edição de um livro com os textos redigidos pelos reclusos. 

Além do lançamento deste livro, serão exibidos nos meses de Março e Abril, no Cinema S. Mamede e em Novembro no Auditório da Casa de Camilo três versões cinematográficas da obra homónima de Camilo: "Amor de Perdição": a de Manoel de Oliveira (1979), a de António Lopes Ribeiro (1943) e a de Georges Pallu (1923). 

Com a concretização destas iniciativas, o Municipio de Famalicão pretende associar a figura de Camilo Castelo Branco e a sua herança literária à Capital Europeia da Cultura 2012.