Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Perguntas e respostas sobre o asteróide que vai passar uma 'tangente' à Terra

Sociedade

  • 333

NASA

16 perguntas e respostas da NASA sobre a passagem do asteróide que vai tornar-se o objeto a passar mais próximo da Terra de que há registo

O que é o asteróide DA14?

O asteróide 2012 DA14 é um pequeno "objeto próximo à Terra" (ou NEO, Near-Earth Object) - com aproximadamente 45 metros de diâmetro. No dia 15 de fevereiro, sexta-feira, o asteróide irá passar pelo nosso planeta numa aproximação nunca antes observada. No entanto, o caminho percorrido pelo asteróide já foi estudado o suficiente para ser possível garantir que não haverá uma colisão com a Terra.

Em que data e hora estará o asteróide mais próximo da Terra?

O asteróide atingirá a maior proximidade com o nosso planeta no dia 15 de fevereiro, pelas 19h30, hora de Lisboa. Este tempo poderá variar. Nesse momento, estará sobre a zona oriental do Oceano Índico, ao lado da ilha de Sumatra.

A que distância estará o asteróide 2012 DA14 no momento de maior aproximação?

O asteróide estará a apenas 28 mil quilómetros de distância da Terra no seu momento de maior aproximação. A distância é segura para a Terra, mas estará dentro de um cinto de satélites em órbita geostacionária, localizada a mais de 35 mil quilómetros da superfície da Terra. Portanto, a distância entre a rocha espacial e o nosso planeta será equivalente ao dobro do diâmetro da Terra.

Pode o asteróide DA14 colidir com a Terra?

Não. Não irá aproximar-se mais do que 28 mil quilómetros da superfície da Terra. A sua passagem vai atingir a maior aproximação de um objeto ao nosso planeta em várias décadas. O próximo evento apenas vai acontecer a 15 de fevereiro de 2046, mas nessa altura o asteróide passará a mais de um milhão de quilómetros.

O que torna o asteróide 2012 DA14 especial?

A passagem deste asteróide tem a maior aproximação de um objeto desta dimensão alguma vez prevista ao planeta Terra.

Durante quanto tempo é que o asteróide vai estar no sistema Terra/Lua?

O asteróide vai estar no sistema Terra/Lua durante cerca de 33 horas.

Há alguma hipótese do asteróide 2012 DA14 ser eclipsado pela Terra?

Devido à sua trajectória, não há nenhuma hipótese do asteróide passar através da sombra da Terra.

De que tamanho é o asteróide 2012 DA14?

O asteróide tem, aproximadamente, 45 metros de diâmetro e uma massa de 130 mil toneladas.

A que velocidade é que o asteróide vai viajar aquando da aproximação?

O asteróide 2012 DA14 vai viajar a mais de 28 mil quilómetros por hora, ou seja, 8 quilómetros por segundo, relativamente à Terra.

Quem descobriu o asteróide DA14?

A rocha espacial foi descoberta pelo Observatório de La Sagra, operado pelo Observatório Astronómico de Maiorca, em Espanha, a 23 de fevereiro de 2012. Quando foi detetado estava a 4 milhões de quilómetros de distância. As observações foram comunicadas à NASA.

Quantos asteróides existem com a mesma dimensão do asteróide DA14?

Os cientistas acreditam que existem, aproximadamente, 500 mil "objetos próximos à Terra" com o mesmo tamanho do asteróide DA14.

Quantas vezes é que asteróides do tamanho do DA14 se aproximaram tanto?

Cientistas do programa de investigação da NASA, em Pasadena, Califórnia, estimam que um asteróide deste tamanho viaja muito próximo da Terra em intervalos de 40 anos e que um atinge o nosso planeta em cada 1200 anos.

Há alguma hipótese do asteróide DA14 colidir com um ou mais satélites?

Há uma hipótese muito pequena do asteróide atingir um satélite ou uma nave espacial. O asteróide está a aproximar-se pela parte inferior da Terra e por isso vai passar entre uma constelação de satélites localizados numa órbita geo-sincronizada (36 mil quilómetros) e uma larga concentração de satélites que orbitam perto da Terra. Não há, praticamente, nenhum satélite a orbitar à distância a que o asteróide vai passar.

Que relação terá a passagem do asteróide com a rotação da Terra?

A influência gravitacional na Terra pela passagem do asteróide DA14 será infinitamente pequena.

O que aconteceria se o DA14 colidisse com a Terra?

O asteróide 2012 DA14 não vai colidir com a Terra, mas se um outro asteróide com as mesmas dimensões embatesse contra o nosso planeta, seriam geradas 2,5 megatoneladas de energia na atmosfera e seria esperada uma devastação regional. Esta comparação pode ser feita com o objeto que embateu, em 1908, em Tuguska, na Sibéria. Apesar de ser ligeiramente mais pequeno, acredita-se que destruiu cerca de 1200 quilómetros quadrados de floresta.

Posso ver o asteróide durante a sua maior aproximação?

O asteróide 2012 DA14 é pequeno e por isso vai ser necessário arranjar um bom par de binóculos ou, melhor ainda, um telescópio. Durante o período de maior aproximação - e dependendo do tempo no local - o asteróide vai ser visível em algumas partes da Europa, África e Ásia. O asteróide vai parecer mover-se relativamente depressa enquanto cruzar o céu de sul para norte.