Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Papa Francisco satisfeito com 'vida normal' depois de rejeitar alojamento oficial

Sociedade

  • 333

A suite do Papa Francisco na Casa de Santa Marta

Em carta a um amigo, o Papa confessa gostar do contacto diário com pessoas 'normais' e de fazer as refeições no refeitório, como "toda a gente"

Logo após a sua eleição para Sumo Pontíficie, os meios de comunicação de todo o mundo davam conta da reação de Francisco quando viu os aposentos que lhe estavam destinados, no Palácio Apostólico: "Mas cabem aqui 300 pessoas!", terá exclamado, então. 

O Papa argentino, 76 anos, decidiu assim não viver no apartamento papal, quebrando mais uma tradição no Vaticano, e optou por permanecer na Casa de Santa Marta, onde esteve alojado, juntamente com os outros cardeais, durante o conclave que culminaria, a 13 de março, com a sua eleição.

Francisco vive desde então numa das suites da residência, no lado oposto ao Palácio Apostólico, naquele que foi visto como mais um gesto de humildade e simplicidade da sua parte.

Agora, numa carta escrita a um amigo, o Padre Enrique Martinez,  a que o diário agentino Clarin teve acesso, o Papa explica as razões para a sua opção: Na Casa de Santa Marta  sinto-me "parte de uma familia". "Estou à vista das pessoas e levo uma vida normal - missa de manhã, como do refeitório com toda a gente, etc. Tudo isto faz-me bem e impede que eu esteja isolado", escreveu o Papa.