Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oscar Pistorius em lágrimas perante acusação de homícidio premeditado

Sociedade

  • 333

Reuters

O atleta recebeu com visível perturbação a notícia de que é acusado de homicídio premeditado pela morte da namorada 

Com a cabeça entre as mãos, a estrela paralímpica não conteve as lágrimas esta sexta-feira, no tribunal de Pretória, quando foi lida a acusação pela morte de Reeva Steinkaamp, 29 anos, que namorava Pistorius desde novembro do ano passado.

A modelo foi morta na quinta-feira, alegadamente com quatro tiros, na residência do mais famoso atleta paralímpico sul-africano, conhecido por "Blade Runner", num complexo de luxo na capital sul-africana.

A decisão sobre um pedido de libertação sob fiança ficou adiada para a próxima terça-feira. Até lá, Pistorius continuará detido nas instalaçãos da polícia.

Pistorius chegou ao tribunal esta manhã escoltado por vários agentes da polícia, com o rosto escondido pelo casaco.

Os investigadores vão agora continuar a analisar a casa onde Reeva Steinkaamp foi encontrada morta.