Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Objetos da vida de Amy Winehouse agora em exposição

Sociedade

  • 333

Associated Press

Fotografias de família, objectos pessoais e de colecção estão, a partir desta quarta-feira, expostos no Museu Judaico de Londres

A exposição "Amy Winehouse: Um Retrato de Família" apresenta vários objectos pessoais, quase todos legendados pelo irmão - livros infantis, ensaios de audições, ímanes de frigorífico e malas com fotografias da família - de uma das mais polémicas cantoras que passaram pelo Reino Unido.

Alex Winehouse, o irmão, explica que a exposição se trata de um retrato de uma menina judaica que tinha um talento e que queria, mais do que qualquer coisa, lutar por ele.

Abigail Morris, chefe executiva do Museu Judaico, explica que a ideia surgiu depois da família ter oferecido um dos vestidos de Winehouse para exposição permanente: "Quando trouxeram o vestido pensei que este seria um local maravilhoso para o expor e a ideia simplesmente surgiu".

Morris acredita que a exposição vem dar a conhecer o outro lado de Amy Winehouse, porque "todos pensam que a conheciam, mas na verdade não conheceram". "Ela era irmã de alguém, e esta exposição mostra que Winehouse, além de muito famosa foi também muito amada".

Amy Winehouse faleceu no dia 23 de Julho de 2011, vítima de intoxicação por álcool, quando tinha apenas 27 anos. Além de ter travado inúmeras batalhas públicas com o álcool - o que se tornou evidente quando em 2008 actuou no Rock in Rio em Portugal, a cantora também tinha problemas com as drogas.