Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Luís Quinta, o homem que retrata Portugal ao natural

Sociedade

  • 333

Anda há 25 anos a fotografar a natureza, em Portugal. Algumas das sua melhores fotos podem ser vistas numa grande exposição que está a decorrer em Almada. Conheça-o e recorde algum do seu trabalho já publicado na VISÃO

1 / 8

2 / 8

3 / 8

4 / 8

5 / 8

6 / 8

7 / 8

8 / 8

RECORDE O TRABALHO DE LUÍS QUINTA PUBLICADO NA VISÃO

Entrevista a Luís Quinta

Portugal ao natural

O autor da capa desta edição da VISÃO anda há 25 anos a fotografar a natureza, em Portugal, tanto debaixo de água como no cume das montanhas, em busca dos maiores animais sobre a Terra ou dos seres quase microscópicos. A partir de quinta-feira, 6, até outubro, algumas das melhores fotos da carreira de Luís Quinta podem ser vistas numa grande exposição, em Almada, no Museu da Cidade e no Parque da Paz, dividida em dois núcleos: Natureza portuguesa (com imagens de todo o território nacional) e Almada entre o Mar e o Rio.

Porquê essa necessidade de fotografar a natureza portuguesa?

Porque, apesar de termos um património natural muito valioso, ainda há muito por revelar, por documentar de forma apelativa e cativante, para que as pessoas conheçam melhor o que existe no seu país. As crianças, hoje, sabem mais sobre animais de África do que da fauna dos Açores. Sabem que o tigre ou o urso panda correm risco de extinção, mas não sabem que temos apenas cerca de 40 focas-monge, no arquipélago da Madeira. A minha missão é revelar o mundo exuberante e relevante que temos entre nós. E, para fotografar os grandes e pequenos animais, tanto o descubro numa cumeada do Gerês, como nos campos de Almada.

Qual é a grande riqueza natural de Portugal

A nossa grande biodiversidade. Nas nossas águas, por exemplo, passam os maiores animais do mundo, como a baleia-azul, tubarão-baleia, tubarão-frade, entre muitos outros. É emocionante.

Como é que o País poderia aproveitar melhor essa riqueza?

Com mais organização e com valorização sistemática daquilo que temos. É necessário promover, fiscalizar e tratar os ecossistemas com muito carinho. E os agentes económicos têm de trabalhar melhor este produto. Há poucas empresas de animação turística com grande vocação para mostrar o maravilhoso Portugal natural.

Quais são os animais mais difíceis de fotografar, em Portugal?

Dos animais icónicos, de ecologia difícil, sem dúvida o lince ibérico. Alguns animais da megafauna como, por exemplo, a baleia-azul, também não são fáceis de fotografar dentro de água.

Quanto tempo se demora para os captar em condições?

Levei anos até conseguir fotografar em condições alguns animais. Por vezes, encontrava a espécie, mas não tinha boa luz, proximidade, enquadramento interessante ou boa visibilidade.

Já passei semanas, 10 a 12 horas por dia, dentro de esconderijos, à espera de águias e de outros animais menos sociáveis ou com uma ecologia especial.